Banner gripe

Polícia Civil recebe 13 novas viaturas e reforça segurança em Santos

As viaturas são modelos Mitsubishi Pajero e Chevrolet Spin. Serão entregues às quatro seccionais da região, que irão distribuí-los às suas unidades subordinadas

Comentar
Compartilhar
13 FEV 201517h14

A Delegacia Seccional de Santos recebeu sexta-feira (13) o reforço de 13 novas viaturas para reforçar os trabalhos da Polícia Civil no Município. Os veículos fazem parte de um pacote de 41 novos carros entregues pelo secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Alexandre de Moraes, para as unidades da Baixada Santista e Vale do Ribeira, com um investimento de R$ 3 milhões do Governo do Estado. A entrega ocorreu no pátio da CET (Avenida Francisco Ferreira Canto, 351).

"A Baixada Santista é prioridade para o Governo do Estado e isso se mostra com atos, não com palavras. O aparelhamento da polícia é fundamental para que a população se sinta mais segura", destacou Alexandre de Moraes.

As viaturas são modelos Mitsubishi Pajero e  Chevrolet Spin. Serão entregues às quatro seccionais da região, que irão distribuí-los às suas unidades subordinadas. Além de Santos, a Seccional de Itanhaém recebeu 10 veículos. As seccionais de Jacupiranga e Registro foram contemplada com nove carros cada.

"A soma de esforços de todos os envolvidos ajuda a região a realizar um importante trabalho na Segurança. Santos foi a primeira cidade da Baixada a se integrar ao Programa Atividade Delegada. Além disso, teremos mais de 500 câmeras de monitoramento, que registram imagens muito utilizadas pela polícia, sem falar na construção do Centro de Controle Operacional (CCO), em parceria como Governo do Estado.

As 41 novas viaturas fazem parte de uma compra de 708 veículos feitos pelo Estado, no valor de R$ 48,5 milhões. Outras seis regiões do Estado já foram contempladas.

Serão 128 carros para a Polícia Civil da capital, 47 para Campinas e 41 para Santos (Foto: Edson Lopes Jr/A2 Fotografia)

Câmeras

Alexandre de Moraes aproveitou sua presença em Santos para elogiar o trabalho desenvolvido pelo Município, principalmente por conta da expansão de câmeras de monitoramento, em especial os 73 equipamentos de modelo OCR, que permitem  obter informações dos veículos, por meio da captação de imagens das placas dos carros.

"É muito importante que Santos invista nas câmeras, porque com essa tecnologia é possível fazer uma parceria com o sistema Detecta, do Governo do Estado", ressaltou o secretário, referindo-se ao sistema inteligente de monitoramento de crimes que utiliza tecnologia de ponta no auxílio ao patrulhamento, investigação, planejamento de combate a crimes e identificação dos padrões de delitos.

Colunas

Contraponto