Polícia Ambiental flagra pesca irregular em Guarujá e Bertioga

Os infratores realizavam o arrasto de camarão e foram autuados, totalizando R$ 14.400,00 em multas

Comentar
Compartilhar
17 SET 2018Por Da Reportagem10h53
Os infratores realizavam o arrasto de camarãoOs infratores realizavam o arrasto de camarãoFoto: Divulgação

Policiais Militares da Companhia de Policiamento Ambiental Marítimo do 3° Batalhão de Polícia Ambiental do Estado de São Paulo, a CIAMAR, realizaram patrulhamento marítimo durante os dias 15 e 16 de setembro de 2018, com o intuito de coibir a pesca irregular e predatória na região, resultando na apreensão de duas embarcações pesqueiras, 110 kg de Camarão Sete-Barbas,  quatro redes de arrasto e oito “portas”, petrecho utilizado na pesca. 

Na ocasião, os pescadores que realizavam o arrasto de camarão, foram autuados, totalizando R$ 14.400,00 em multas por pescar sem a devida licença para tal atividade e carteira profissional de pescador. 

Os infratores responderão em liberdade pelo Crime Ambiental, os quais ocorreram no interior da APAMLC - Área de Proteção Ambiental Marinha Litoral Centro, Setor Guaibê. 

O primeiro flagrante ocorreu na Praia Branca, município de Guarujá  no último sábado, já no domingo, outra embarcação irregular foi identificada em Bertioga, sendo feita a abordagem, busca pessoal e vistoria na embarcação, onde nada de ilícito foi encontrado, porém durante a fiscalização, foram constatadas as irregularidades nas documentações.

Todo o pescado apreendido foi doado a Instituições Beneficentes da região.