PM autua 62 motoristas em São Paulo desde o início da nova Lei Seca

A PM submeteu 883 pessoas ao teste do bafômetro, sendo que apenas duas pessoas se recusaram a fazer o teste.

Comentar
Compartilhar
25 DEZ 201221h29

A Polícia Militar (PM) autuou, desde a noite da sexta-feira (21), quando entrou em vigor a nova Lei Seca, até hoje (25), 62 motoristas por estarem dirigindo alcoolizados. A PM submeteu 883 pessoas ao teste do bafômetro, sendo que apenas duas pessoas se recusaram a fazer o teste e oito terão de responder por crime de embriaguez ao volante.

A nova Lei Seca, mais rígida, determina que o motorista envolvido em acidente de trânsito seja submetido a teste, exame clínico, perícia e aos procedimentos técnicos e científicos para verificar se há no organismo a presença de álcool ou substância psicoativa.

Pela nova norma, provas testemunhais, vídeos e fotografias podem ser usadas como comprovação de que o motorista dirigia sob efeito de álcool ou drogas ilícitas.

A nova redação da lei estabelece ainda a suspensão do direito de dirigir por um ano e o motorista flagrado sob efeito de álcool ou drogas psicoativas será multado em R$ 1.915,30, o dobro da multa aplicada antes da publicação da nova lei. Se o condutor reincidir na infração dentro do prazo de um ano, o valor da multa será duplicado, chegando a R$ 3.830,60.

A Polícia Militar (PM) autuou, desde a noite da sexta-feira (21) (Foto: Divulgação)