Cotidiano

Plano 'São Vicente dos 500 anos' é apresentado oficialmente na cidade

Evento aconteceu na noite da última quinta-feira (20) e contou com a presença de empresários, políticos e jornalistas

Jeferson Marques

Publicado em 21/06/2024 às 11:30

Atualizado em 21/06/2024 às 11:34

Comentar:

Compartilhe:

Romeo Neto, Kayo Amado e a secretária Talita Correa Santos / Nair Bueno/Diário do Litoral

Uma cidade pensando no futuro e com planejamento a longo prazo. O "Plano São Vicente dos 500 anos", idealizado pela Prefeitura e que contou com o apoio do Movimento Brasil Competitivo (MBC) e da Macroplan Consultoria e Analytics, visa tornar a cidade cada vez mais sustentável economicamente, deixando-a atrativa para novos investimentos e, assim, gerando mais renda e emprego.

O evento de lançamento do projeto ocorreu na noite da última quinta-feira (20) e contou com a presença de empresários, políticos e jornalistas.

A cidade completará 500 anos em 2032, e o projeto foi formulado através da participação de diversos setores, além dos servidores e a sociedade civil, compartilhando a visão de desenvolvimento sustentável à longo prazo.

Em conversa com a Reportagem, o diretor-executivo do MBC, Romeo Neto, reforçou a importância do plano dos 500 anos e destacou quatro áreas de atuação direta do projeto.

"Desenvolvimento produtivo, competitividade e capital humano; cidade conectada, resiliente e acolhedora; bem estar social, inclusão e cidadania; e, por fim, protagonismo, governança e gestão são os quatro pilares para mudar São Vicente de patamar, ampliando a formação de mão-de-obra na cidade, entregando mais oportunidades de emprego, atraindo investimentos e investidores e, ainda, inserir a população mais vulnerável às políticas públicas. Ou seja, é planejar, através deste mapeamento, o crescimento sustentável e responsável do município", explica Neto.

O prefeito Kayo Amado também comemorou a entrega do plano e disse que tudo vai de encontro ao que a sua gestão entende como um crescimento necessário para São Vicente.

"Aqui eu não falo de um projeto que tem a ver com o meu mandato, mas sim de algo que passe por outras gestões. Este plano dá uma direção de como podemos avançar em diversos setores da sociedade de forma responsável e mais assertiva, atendendo aos anseios da população e também daqueles que aqui investem e ainda vão investir. É um mapeamento coordenado que alavancará São Vicente e tornará a cidade mais competitiva e, sempre, melhor para viver, prosperando com os pés no chão", finaliza Amado.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos

Santos terá museu de artes plásticas com entrada gratuita; veja

A expectativa é que obras de Nuno Ramos, Jarbas Lopes e Sergio Romagnolo cheguem a cidade

Diário Mais

Artista usa inteligência artificial e emociona ao mostrar como estariam os Mamonas hoje

Grupo musical morreu em trágico acidente aéreo em 2 de março de 1996

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter