Petrobras estanca vazamento na Bacia de Campos

Segundo a companhia, a solução do problema ocorreu após intervenções planejadas utilizando embarcações especiais e equipamentos submarinos

Comentar
Compartilhar
03 MAR 201316h03

 A Petrobras informou, em comunicado no início da tarde deste domingo (3), que conseguiu estancar o vazamento na "árvore de natal molhada" do poço desativado MRL-131, no campo de Marlin, na Bacia de Campos (RJ). O vazamento foi detectado na última sexta-feira (1).

Segundo a companhia, a solução do problema ocorreu após intervenções planejadas utilizando embarcações especiais, com o auxílio de equipamentos submarinos do tipo ROV (Veículo de Operação Remota). "Seguindo o planejamento traçado pelas equipes técnicas multidisciplinares, a sonda SS-47 está iniciando os trabalhos no poço para complementar a operação", afirma no comunicado.

A Petrobras não informou neste comunicado o tamanho da mancha, mas na nota divulgada na noite de sábado (2) o volume total estimado pela empresa do vazamento era de três litros de petróleo, bem menor que o volume divulgado até sexta-feira, de 108 litros.

A Marinha, o Ibama e a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), segundo a Petrobras, já foram informados sobre a situação.

A Petrobras não informou neste comunicado o tamanho da mancha, mas na nota divulgada na noite de sábado (2) o volume total estimado pela empresa do vazamento era de três litros de petróleo (Foto: Divulgação)