X
Cotidiano

Peruíbe inaugura Centro de Atenção Psicossocial Infantil

O local realizará atendimento de psiquiatria, neurologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, assistência social e enfermagem ao público-alvo de zero a 18 anos com deficiência mental ou intelectual

Unidade entregue pela Prefeitura começa a atender nesta terça-feira no município / Divulgação/PMP

A Prefeitura de Peruíbe entregou nesta segunda-feira (12) o seu primeiro Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPS I). O local realizará atendimento de psiquiatria, neurologia, terapia ocupacional, fonoaudiologia, psicologia, assistência social e enfermagem ao público-alvo de zero a 18 anos com deficiência mental ou intelectual. A unidade possuirá um atendimento diferenciado com consultórios e espaços voltados exclusivamente para atender crianças e adolescentes

De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde, caso a criança ou o adolescente já tenha laudo com diagnóstico, basta apresentá-lo na recepção e agendar um acolhimento com a equipe multidisciplinar. Já para os casos que ainda não possuam laudo, é necessário comparecer ao Programa de Saúde da Família (PSF) mais próximo da residência e o médico do Programa encaminhará ao CAPS ou ao ambulatório de pediatria para realizar o psicodiagnóstico.

O prefeito Luiz Mauricio esteve no local e informou que mais de 300 crianças e adolescentes serão beneficiados na nova unidade. "É um local mais confortável e adequado tanto para os pacientes quanto para os profissionais da saúde."

Na ocasião, ele citou que o investimento auxilia no desenvolvimento da autonomia e da cidadania dos usuários, reintegrando-os a vida social. "Temos espaços exclusivos para as atividades e oficinas em grupo, que servirão para auxiliar a integração das crianças e adolescentes ao convívio social."

Também durante a visita técnica no local, a secretária municipal de Saúde, Mariana Trazzi explicou que os atendimentos para este público já acontecem desde setembro no CAPS adulto de maneira que não era possível acolher a todos com tanta excelência quanto em uma unidade exclusiva para esta faixa etária.

"Agora vamos dar continuidade no atendimento com ainda qualidade e aumentar a demanda, já que o CAPS I atenderá várias patologias". Neste sentido, ela acrescenta que o município viu que a demanda para este público tem aumentado, e viu a necessidade do serviço especializado.

Além disso, a unidade também terá parceria com outros setores como o de ensino. A secretária municipal de Educação esteve no local e acredita que a iniciativa beneficiará os jovens na rotina escolar. "Com toda a certeza, o professor que recebe o aluno com deficiência, quando ver que ele tem laudo, que está fazendo terapia, será recebido de forma que o profissional saiba lidar com a criança da melhor forma possível e o sucesso desta aprendizagem será diferenciada."

O Centro de Atenção Psicossocial Infantil (CAPS I) de Peruíbe está localizado na avenida Padre Leonardo Nunes, nº 588, no Centro. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira das 8h às 18h.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Brasil

Governo: Mário Frias contrata por quase R$ 4 milhões empresa sem licitação e sem funcionários

A sede da empresa seria uma caixa postal em um escritório virtual a 2.400 km do Rio de Janeiro

Polícia

Corregedoria investiga aparição de pênis de borracha em academia da PM

A academia do Barro Branco tem aproximadamente 660 cadetes, além de cerca de 140 funcionários

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software