Paul Singer elogia lavanderia comunitária da Seas

O secretário Nacional de Economia Solidária, Paul Singer, conheceu a lavanderia comunitária mantida pela Secretaria de Assistência Social, na sexta.

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201411h39

O secretário Nacional de Economia Solidária, Paul Singer, conheceu a lavanderia comunitária mantida pela Seas (Secretaria de Assistência Social), na sexta-feira (21). Após percorrer as dependências e conversar com as cooperadas, ele elogiou o serviço.
Paul Singer calculou que o país tem cerca de 30 mil cooperativas, incluindo as áreas de consumo, habitação, saúde e educação. Em sua opinião, essa prática é a grande alternativa para o trabalhador, e em particular as famílias em situação de vulnerabilidade social.

A lavanderia comunitária fica na rua Amador Bueno, 309. O trabalho é feito por sete cooperadas, moradoras do Centro e dos morros. Segundo a chefe da seção, Márcia Reis, a remuneração é calculada pela hora trabalhada e, em média, cada uma retira por mês cerca de R$ 900,00 e o grupo ainda faz uma poupança para em dezembro ter o equivalente ao 13º salário.

Márcia Reis mostrou a planilha de receita e despesas administrada pelo grupo, contou que as decisões são tiradas em assembleia e que há um rodízio abrangendo todas as funções. O equipamento tem apoio do Rotary e do Consulado da Mulher.

Foto: Marcelo Martins