Palestras incentivam mulheres a cuidar das próprias finanças

A atividade aconteceu no Sindicato dos Servidores Públicos, em Guarujá

Comentar
Compartilhar
07 MAR 201321h23

Nesta quarta-feira (6), moradoras de Vicente de Carvalho foram presenteadas com duas palestras especiais pelo Mês da Mulher. A atividade aconteceu no Sindicato dos Servidores Públicos. O tema era Geração de Trabalho e Renda, e trouxe para as convidadas, além de ensinamentos sobre planejamento e finanças, incentivo aos estudos e novas expectativas para o futuro.

O primeiro palestrante, o empresário Fernando Correa da Cruz, contou sua história desde que morou em Morrinhos, no Guarujá, até quando conquistou seu diploma nos Estados Unidos, sempre destacando a presença feminina na sua trajetória. Fernando ressaltou a importância da esposa ao cuidar do dinheiro da casa e se emocionou ao falar da mãe. “Se as mulheres soubessem o quão extraordinárias elas são, muitas não se sentiriam tão injustiçadas”. Ele ainda destacou a alegria de voltar a sua cidade. “Sou nascido e criado no Guarujá, e é ótimo voltar aqui e usar minha experiência para contribuir com a Cidade”.

A segunda palestra, do professor de culinária Ailton Jesus da Silva, destacou a importância da qualificação para melhorar o crescimento do Município. “O foco é fazer com que as pessoas despertem para a necessidade de qualificação”. Ele disse que o problema não é a falta de emprego, mas a de profissionais aptos. O professor salienta que não há limites para as mulheres em nenhum setor “Tem alunas nos Caecs que trabalho que fazem curso de empilhadeira. Hoje em dia não tem restrição”.

O primeiro palestrante, o empresário Fernando Correa da Cruz, contou sua história desde que morou em Morrinhos (Foto: Divulgação)

Em ambas as palestras, as mulheres se mostraram interessadas, participavam das dinâmicas e tiravam suas dúvidas. A manicure Patrícia Silva de Conceição contou sua história em uma das palestras e disse que outras que já assistiu no Sindicato a deixaram motivada. “Eu queria conquistar o meu cantinho primeiro. Consegui, estudei, me tornei manicure e aprendi a guardar meu dinheiro para outras conquistas, como comprar uma moto e ir trabalhar na casa das clientes”.

Já a monitora Magda Lafayette Gama Dantas achou as palestras interessantes e disse que vai começar a usar as dicas para cuidar da casa e da família. Para ela, as mulheres podem fazer qualquer trabalho que desejam apesar dos preconceitos. “Os homens é que têm que tomar cuidado com a força das mulheres no mercado de trabalho” alerta Magda.