Pais do jovem negro morto pela policia vão processar a cidade de Ferguson

De acordo com um dos advogados, Lesley McSpadden, eles devem entrar com a ação nesta quinta-feira

Comentar
Compartilhar
23 ABR 201514h52

Advogados da família de Michael Brown, o jovem de 18 anos morto por um policial branco no ano passado anunciaram na noite de ontem que irão entrar com uma ação civil contra a cidade de Ferguson.

De acordo com um dos advogados, Lesley McSpadden, eles devem entrar com a ação nesta quinta-feira. O pedido irá mencionar o oficial Darren Wilson, que atirou no jovem desarmado.

A morte de Brown levou a uma onda de protestos que colocaram em evidência o movimento "vidas negras importam", que pede mudanças nos padrões de conduta da polícia em relação a minorias. O tema virou um dos mais discutidos nos Estados Unidos desde então.

O grande júri do condado de St. Louis e o Departamento de Justiça se recusaram a apresentar queixa contra Wilson, que deixou a corporação em novembro.