Operário morre em queda na Arena da Amazônia

Marcleudo de Melo Ferreira, de 22 anos, natural do Ceará, foi socorrido e levado ao pronto socorro ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu nesta manhã

Comentar
Compartilhar
14 DEZ 201314h00

Um operário morreu na madrugada deste sábado ao sofrer queda de uma altura de cerca de 35 metros na Arena da Amazônia, em Manaus, um dos estádios que vai receber os jogos da Copa 2014, conforme nota da construtora Andrade Gutierrez, responsável pela obra. Marcleudo de Melo Ferreira, de 22 anos, natural do Ceará, foi socorrido e levado ao pronto socorro ainda com vida, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu nesta manhã.

Uma investigação interna será feita, conforme a Andrade Gutierrez, para apurar as causas deste que foi o segundo acidente com morte na Arena da Amazônia. Em março deste ano, o operário Raimundo Nonato Lima da Costa, 49 anos, também veio a falecer após cair de uma altura de cerca de cinco metros.

Em nota à imprensa, a Andrade Gutierrez lamenta a morte do operário, que era funcionário de empresa subcontratada para prestar serviços na montagem da cobertura do estádio que vai receber jogos da Copa. "Reiteramos o compromisso assumido com a segurança de todos os funcionários. Lamentamos profundamente o acidente ocorrido e estamos prestando total assistência à família do operário", destaca a construtora.

Os trabalhos na Arena Amazônia foram interrompidos hoje (14), segundo a Andrade Gutierrez, em "respeito à memória" do operário.

Um operário morreu após queda de cerca de 35 metros na Arena da Amazônia (Foto: Márcio Trevisan/Secopa)