Operação Verão registra passagem de mais de 4 milhões de veículos em direção ao Litoral

Período começou no dia 21 de dezembro e foi encerrado no dia 10 de março

Comentar
Compartilhar
15 MAR 2019Por Da Reportagem11h25
Essa operação foi a segunda mais longa desde o início da concessãoFoto: Rodrigo Montaldi/Arquivo DL

Durante a Operação Verão 2018/2019, iniciada no dia 21 de dezembro de 2018 e finalizada em 10 de março de 2019, a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), registrou a passagem de 4.897.895 veículos em direção ao Litoral, o que corresponde a uma média diária de 61.224 veículos.

Essa operação foi a segunda mais longa desde o início da concessão, com 80 dias de contagem, ficando atrás apenas da edição de 2008/2009, quando foram contabilizados 83 dias.

Atendimentos e acidentes

No período de contagem, a concessionária atendeu 30.159 usuários que precisaram de auxílio nas rodovias. O socorro mecânico foi a ocorrência que mais gerou demandas para as equipes de apoio da Ecovias, com 17.895 acionamentos, o que representa 59% do total de atendimentos.

Já os guinchos foram acionados 10.020 vezes (33% do total) para retirar veículos quebrados da pista. Por fim, a concessionária contabilizou 2.244 atendimentos (7%) para socorro médico, com as ambulâncias nas rodovias do SAI.

Durante a Operação Verão 2018/2019, foram 1052 acidentes registrados pela concessionária, com 425 feridos e 19 mortos.

Operações

Com o intuito de atender da melhor forma possível o volume de tráfego em determinado sentido, foram montadas 31 operações especiais para a descida da Serra e retorno a São Paulo.  A operação descida (7x3) foi montada em 15 oportunidades. Durante esta operação, os veículos que foram em direção ao Litoral puderam utilizar as pistas sul e norte da via Anchieta e também a pista sul da rodovia dos Imigrantes. Para subir, os usuários tinham apenas a pista norte da Imigrante disponível.

Já a operação subida (2x8) foi montada 13 vezes. Esse esquema disponibilizou as duas pistas da Imigrantes e a pista norte da Anchieta para a subida da Serra. Já a descida era feita somente pela pista sul da Anchieta.

Também foram montadas três operações 4x6, utilizada em momentos de fluxo alto na subida e intenso na descida. Nesse esquema, a descida foi realizada pelas pistas norte e sul da via Anchieta e a subida do trecho de Serra pelas duas pistas da rodovia dos Imigrantes.

Responsável pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, a Ecovias faz parte do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, sob fiscalização da Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).

Colunas

Contraponto