Operação Verão 2014/2015 tem redução de 20% no número de acidentes no SAI

Mesmo com aumento no volume de tráfego, o número de mortes também diminuiu. Ecovias registrou a passagem de 4.238.134 veículos em direção à Baixada Santista

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201516h36

Durante a Operação Verão 2014/2015, de 19 de dezembro de 2014 a 23 de fevereiro de 2015, a Ecovias, concessionária que administra o Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), registrou a passagem de 4.238.134 veículos em direção à Baixada Santista. Apesar de um dia a menos com relação ao mesmo período do ano passado, o balanço mostra que o movimento foi ligeiramente maior (0,3%) que o contabilizado na Operação Verão 2013/2014, quando 4.225.042 desceram a serra rumo ao Litoral.

Apesar do pequeno aumento no volume de tráfego, o número de acidentes diminuiu 20,49% na comparação com a última Operação Verão. Nesta edição, foram 978 ocorrências ante 1.230 registradas entre 19 de dezembro de 2013 e 24 de fevereiro de 2014. Do total de acidentes nesse ano, 644 deles (66%) foram sem vítimas. As ocorrências com vítimas geraram 374 usuários com ferimentos leves, 70 foram socorridos com ferimentos moderados e 13 com ferimentos graves. O número de mortes também caiu de 17 para 16.

Durante a Operação Verão, a Ecovias mobilizou mais de 500 profissionais e 58 viaturas, entre elas: pick-ups de inspeção de tráfego, ambulância UTI, ambulâncias de resgate, veículos leves de atendimento rápido, guinchos leves e pesados. A equipe de guinchos leves – responsável pelos atendimentos mecânicos e remoção de veículos em acidentes – contou com reforço extra de 60 veículos nos horário de pico. Além disso, a Ecovias contou com uma ambulância a mais para auxiliar nos atendimentos médicos.

A Operação Verão 2014/2015 registrou redução de 20% no número de acidentes nas estradas (Foto: Diário do Litoral)

No período, esses recursos foram responsáveis pelo total de 24.566 atendimentos nas pistas, sendo 13.123 de socorro mecânico, 9.437 de socorro com guincho e 2.006 de socorro médico.

Para atender a demanda de fluxo no período, 42 operações especiais foram montadas para a descida da serra e retorno a São Paulo. Foram 16 operações para facilitar a viagem dos usuários rumo ao Litoral, esquema conhecido como 7x3, com descida pelas duas pistas da Anchieta e pela sul da Imigrantes e subida somente pela pista norte da Imigrantes; e 15 operações de retorno à capital (2x8), com disponibilização das duas pistas da Imigrantes e da pista norte da Anchieta para subida da serra e descida pela pista sul da Via Anchieta. Foram montadas ainda 11 operações 4x6, com subida somente pela Imigrantes e descida somente pela Anchieta, esquema utilizado em momentos em que o fluxo de subida é alto e o de descida também é intenso.