ONU pede a presidenciáveis afegãos acordo sobre governo de união nacional

Ban Ki-moon apelou aos candidatos Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani Ahmmadzai que formem uma parceria genuína para enfrentar os muitos desafios do Afeganistão

Comentar
Compartilhar
09 SET 201415h06

O secretário-geral das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu aos dois candidatos à Presidência do Afeganistão que concluam um acordo sobre a formação de um governo de união nacional. A medida está prevista em uma série de compromissos selados em 12 de julho pelos dois finalistas do segundo turno das eleições.

Ban Ki-moon apelou aos candidatos Abdullah Abdullah e Ashraf Ghani Ahmmadzai que formem uma parceria genuína para enfrentar os muitos desafios do Afeganistão. Segundo o secretário, esse é um momento crítico para o país. O segundo turno das eleições presidenciais terminou em um impasse político.

, Ban Ki-moon, pediu aos dois candidatos à Presidência do Afeganistão que concluam um acordo sobre a formação de um governo de união nacional (Foto: Divulgação)

Em acordo, intermediado pelo secretário de Estado norte-americano, John Kerry, os dois candidatos afegãos se comprometeram a aceitar o resultado da auditoria e a formar um governo de união nacional. O processo foi encerrado no último dia 4. Com isso, o chefe das Nações Unidas espera agora que os candidatos levem adiante o compromisso de uma transição pacífica na transferência de poder político.