Ônibus são incendiados em São Paulo e em Curitiba

Embora as ocorrências ainda estejam sendo investigadas pela Polícia Civil, a PM informou que os três ônibus incendiados não têm qualquer relação com o resultado da partida

Comentar
Compartilhar
09 JUL 201417h13

Três ônibus incendiados e 18 depredados. Esse foi o saldo da ação de vândalos e criminosos para o sistema público de transporte da região metropolitana de Curitiba (PR). Segundo a prefeitura da capital paranaense, as 21 ocorrências de ataques contra ônibus municipais foram registradas ontem (8) depois do fim do jogo entre Brasil e  Alemanha, no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG). Embora as ocorrências ainda estejam sendo investigadas pela Polícia Civil, a Polícia Militar (PM) informou hoje (9) que os três ônibus incendiados não têm qualquer relação com o resultado da partida.

Em uma das ocorrências, registrada por volta das 19 h de ontem, criminosos atearam fogo a um ônibus que faz a Linha Bairro Novo. Após assaltarem passageiros e cobradores, eles forçaram todos a descer, espalharam gasolina pelo veículo e atearam fogo.

De acordo com a PM, o incêndio foi contido pelo Corpo de Bombeiros. O único ferido é um suspeito de fazer parte da quadrilha, já reconhecido pelo motorista de ônibus. O rapaz de 23 anos sofreu queimaduras em boa parte do corpo e foi levado para o Hospital Evangélico, onde permanece internado, sob custódia.

Em São Paulo, pelo menos, 20 ônibus foram incendiados (Foto: Daniel Teixeira/Estadão Conteúdo)

Os outros dois veículos incendiados faziam as Linhas Fazenda Rio Grande/Pinheirinho e Piraquara. Treze dos 21 ônibus depredados precisaram ser substituídos. Os demais foram consertados à noite e voltaram a circular na manhã desta quarta-feira.

Em São Paulo, pelo menos, 20 ônibus foram incendiados na noite de ontem (8) em uma garagem na Rua João de Abreu, perto da Estrada do M'Boi Mirim, na zona sul da capital paulista, de acordo com informações da SPTrans, empresa que gerencia o transporte coletivo na cidade de São Paulo. Os veículos eram antigos e estavam desativados e não faziam parte da frota de coletivos usados no transporte municipal, conforme o órgão.

Segundo a SPTrans, mais quatro ônibus, que faziam parte da frota em circulação, também foram incendiados, sendo dois deles na zona leste e um na zona norte. O plantão do 47° Distrito Policial de Capão Redondo, responsável pelas investigações, confirmou a informação.

Os atos ocorreram após o jogo entre Brasil e Alemanha, que disputaram a semifinal da Copa do Mundo no Mineirão, em Belo Horizonte. A Secretaria Estadual de Segurança Pública informou que ainda está apurando o caso e não sabe informar a motivação dos incêndios.