Obras dos quiosques da orla de Santos devem ser concluídas em março

Estabelecimentos dos canais 1, 4 e 5 já estão isolados para a reforma. O fim das reformas está previsto para junho de 2014, um ano e meio a mais que a previsão inicial

Comentar
Compartilhar
22 NOV 201321h38

Quem vai lanchar na praia de Santos tem encontrado quiosques reformados e mais modernos, mas ainda existem estabelecimentos que não passaram pelas intervenções da Prefeitura. Os quiosques dos canais 1, 4 e 5, a partir deste mês, estarão fechados para reforma.

“Até março, os quiosques serão entregues. Os que ficam no Canal 1, onde as obras começaram um pouco antes, devem ser entregues primeiro”, explica o chefe do Departamento de Obras, Glaucus Farinello.

Os quiosques do lado esquerdo do canal já estão cercados por tapumes; permissionários trabalham em contêineres (Foto: Matheus Tagé/DL)

A reportagem do Diário do Litoral foi até os locais e confirmou as mudanças. Os quiosques do Canal 4, por exemplo, do lado esquerdo do canal, já estão cercados por tapumes e os permissionários estão trabalhando em contêineres locados e equipados por eles. “É uma parceria. Eles alugaram esses espaços e nós (da Prefeitura) disponibilizamos uma estrutura com sistema de eletricidade e água”, explica Farinello.

O fim das obras dos quiosques está previsto para junho de 2014, um ano e meio a mais que a previsão inicial para a conclusão das obras, de acordo com o secretário de Infraestrutura e Edificações à época, Antônio Carlos Silva Gonçalves. “Toda obra em área externa está sujeita à intercorrências, que podem causar atrasos. No CPE, por exemplo, tivemos problemas com a tubulação da Sabesp, o alinhamento dos quiosques teve que ser modificado”, comentou Farinello.

CPE

A última inauguração de quiosques foi a do Centro de Paquera do Embaré (CPE), em frente à Paróquia Santo Antônio do Embaré, em setembro deste ano. Ao todo, foram inauguradas seis estruturas para lanches com dois boxes cada e duas para venda de coco verde.

Os quiosques seguem sempre o mesmo padrão com quiosques no estilo gourmet. Além disso, os locais recebem novo calçamento, lixeiras, bancos, mesas de granito, três sanitários, um feminino, um masculino e um acessível para pessoas com deficiência, além de nova iluminação. O investimento total de toda a orla é de cerca de R$ 13 milhões.