O amor está no ar... condicionado: Semana terá calor intenso e temporais na Região

Previsões de tempo indicam temperaturas semelhantes ao verão e sensação térmica ainda pior

Comentar
Compartilhar
28 NOV 2020Por Jeferson Marques12h20
*Foto meramente ilustrativa.Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Calor e sensação térmica ainda pior. A previsão de tempo para a semana que começa (de 30/11 a 04/12) indica temperaturas semelhantes ao verão e temporais no período da tarde em toda a Baixada Santista, Litoral Sul e Vale do Ribeira. Segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (CPTEC) e também o The Weather Channel a sensação de calor poderá atingir os 38º.

A segunda-feira (30) começa com sol e tempo abafado. Antes do meio-dia já são esperadas máximas de 32 graus. O dia seguirá assim e sem probabilidade de chuvas, o que aumentará a sensação térmica principalmente a tarde, que pode chegar aos 34º.

Na terça-feira (01) o calor segue igual ao de segunda, mas a sensação térmica tende a ser ligeiramente menor, chegando aos 32º. Porém, a tarde, ocorre a formação de nuvens carregadas que podem trazer temporais para a Região. A probabilidade de chuva forte acompanhada de raios e rajadas de vento moderadas é de 50%.

Na quarta-feira (02) a intensidade do calor aumenta e os termômetros chegam aos 34 graus. A sensação térmica também dispara e pode bater os 36º. Os temporais, nesse dia, podem ocorrer a qualquer momento, mas não tendem a ser fortes. Porém, se acontecerem, terão raios. A probabilidade aqui é de 40%.

Já na quinta-feira (03) a coisa ficará séria. Os termômetros, segundo as previsões, devem passar dos 35º até as 13h e a sensação térmica pode atingir um pico de 38º. Há chance de 50% de ocorrerem temporais a tarde, com bastante vento, raios e volume de chuva moderado. Caso ocorram serão de curta a média duração.

A sexta-feira (04) terá tempo nublado, mas nem por isso menos quente. A sensação térmica deve atingir os 31º e a chance de chuva ao decorrer do dia e da noite aumentam, passando dos 60%. Há risco dessas pancadas serem acompanhadas de raios. Portanto, nada de ficar em praias, cachoeiras, piscinas ou demais locais abertos.