No Dia Internacional do Café, degustação da bebida na praça Mauá atrai público

Ainda como parte das celebrações, nesta quinta, às 16h, haverá apresentação da Orquestra Instituto Pão de Açúcar, no museu

Comentar
Compartilhar
15 ABR 201417h50

O cheiro característico do café invadiu a praça Mauá nesta segunda-feira (14), no Centro Histórico, quando munícipes e visitantes puderam experimentar três tipos da bebida combinados com diferentes doces. A ação fez parte da programação comemorativa do Museu do Café em alusão ao Dia Internacional do Café – 14 de abril, e teve como objetivo desenvolver a percepção sensorial sobre as variedades do produto.

‘Chapadão de Ferro’, da região do cerrado de Minas Gerais; ‘Alta Mogiana’, de São Paulo; e ‘Sul de Minas’ foram os cafés preparados pelo barista do museu, Hallyson Ramos, que explicou sobre as características de cada grão e os distintos modos de preparo. Cada um foi degustado, respectivamente, com pedaços de bolo tiramisú, carolinas de chocolate e de limão.

Entre os que experimentaram os sabores especiais, Silvana Mello, 49 anos, do Boqueirão, que passeava pelo Centro. “Senti o cheiro de longe, amo café. Tenho família em Minas e costumo tomar café puro, sem mistura”.

O aposentado Albino Fernando de Araújo, 63 anos, veio do Guarujá só para tomar um cafezinho. “Vim debaixo de chuva e tudo. Está uma delícia, nem açúcar precisa”.

Ainda como parte das celebrações, nesta quinta-feira (17), às 16h, haverá apresentação da Orquestra Instituto Grupo Pão de Açúcar, no museu (rua XV de Novembro, 95, Centro Histórico), aberta ao público.