Neve provoca cancelamento de voos no Reino Unido, França e Alemanha

Previsão do tempo diz que as temperaturas continuarão baixas na no norte da Europa nesta terça-feira (22), mas não haverá chuva, nem neve.

Comentar
Compartilhar
21 JAN 201317h42

Centenas de voos foram cancelados no Reino Unido, na França e na Alemanha nesta segunda-feira (21) em razão da neve e do frio que atingem a região oeste da Europa.

No aeroporto de Heathrow, em Londres, cerca de 130 voos - ou 10% do total diário - foram cancelados. No domingo, esse porcentual chegou a 20%. Desde sexta-feira, alguns voos têm sido suspensos em Heathrow, o mais movimentado aeroporto da Europa. Os passageiros eram vistos em longas filas e alguns deles acampavam no interior dos terminais.

A administração do aeroporto informou que tem gasto milhões na melhoria dos sistemas para lidar com os problemas causados pelo mau tempo, desde que o aeroporto foi virtualmente fechado pela neve por vários dias em dezembro de 2010. Porém, a baixa visibilidade significa que é preciso aumentar os intervalos entre os aviões, o que provoca atrasos e cancelamentos.

Na capital britânica, os trens domésticos e o serviço do Eurostar, proveniente da França e da Bélgica para Londres, também foram prejudicados e centenas de escolas em todo o Reino Unido ficaram fechadas.

A direção do aeroporto de Frankfurt, o maior da Alemanha, informou nesta segunda-feira que 500 voos foram cancelados por causa dos gelo, formado após a chuva que caiu durante a noite. A expectativa é de que a fila de aviões esperando para decolar afete a rotina do aeroporto também na terça-feira. No domingo, 445 voos foram cancelados. Como resultado do mau tempo, somente 20 voos pousavam por hora no aeroporto de Frankfurt, em comparação com a média de 96 em condições normais.

Em Munique, onde 13 centímetros de neve foram acumulados durante a noite, 200 voos foram cancelados e espera-se que haja atrasos nos dois aeroportos da cidade.

No norte da Alemanha, o gelo acumulado no asfalto nas proximidades de Berlim fez com que um trecho de uma importante rodovia fosse fechado para o trânsito na manhã desta segunda-feira. O trem de alta velocidade que passa por Bruxelas, vindo de Paris, e vai para a Alemanha, deve registrar grandes atrasos.

A previsão do tempo diz que as temperaturas continuarão baixas na Alemanha nesta terça-feira, mas não haverá chuva e neve.

Já a autoridade civil francesa cancelou 40% de todos os voos que partem e chegam dos aeroportos parisienses de Orly e Charles De Gaulle por causa da grande quantidade de neve acumulada. Pelo Twitter, a autoridade recomenda aos passageiros que telefonem para as companhias aéreas em busca de informações mais específicas.

Porcentual semelhante de voos foi cancelado no domingo em Paris, depois que uma forte nevasca, iniciada na noite de sexta-feira, ter atingido a região da capital. A situação nos aeroportos, operados pela Aeroports de Paris, tornou-se caótica no domingo, já que a neve tornou impraticável o acesso às pistas.

Na noite de sexta-feira, 10% dos voos que partem e chegam de Orly e 20% dos voos que pousam e decolam no Charles de Gaulle foram cancelados. As informações são da Associated Press e da Dow Jones.