Netanyahu pede desculpas à comunidade árabe por comentários ofensivos

O primeiro-ministro de Israel foi acusado de racismo, especialmente pela minoria árabe

Comentar
Compartilhar
23 MAR 201517h28

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, pediu desculpas à comunidade árabe em Israel pelos comentários ofensivos que ele fez numa rede social durante a eleição parlamentar na semana passada.

Netanyahu foi acusado de racismo, especialmente pela minoria árabe, quando "alertou" os cidadãos de que a comunidade árabe estava indo "votar em massa", dizendo ser um esforço de grupos de esquerda, financiados com dinheiro externo, para fazer com que o voto de árabes israelenses o colocasse em desvantagem.

O primeiro-ministro disse que reconhece que seu comentário "ofendeu alguns cidadãos de Israel e a comunidade árabe-israelense". "Isso nunca foi minha intenção. Peço desculpas por isso", disse Netanyahu, que se reuniu com membros da comunidade árabe em sua residência, em Jerusalém.