Navio bate em balsa carregada de veículos no Porto de Santos

O navio Zhen Huan – 27, de bandeira de Hong Kong, colidiu com a balsa FB24, por volta das 19h40 de ontem, no canal do Porto, no Ferry Boat

Comentar
Compartilhar
28 JAN 201322h32

O choque provocou danos nas duas embarcações, mas ninguém ficou ferido segundo informações da Dersa. De acordo com a Dersa, a embarcação FB24 foi abalroada pelo navio nas proximidades do píer de Guarujá. O choque causou avarias na balsa, nos veículos que estavam dentro da embarcação, e no casco do navio que foi rasgado.

Segundo fontes que presenciaram o acidente, o píer também foi danificado com a colisão. A balsa de veículos permanecia no píer de Guarujá na noite de ontem e o navio foi fundeado na barra para averiguações.

Segundo a assessoria de imprensa da Praticagem de Santos, o navio se desgovernou e atingiu a embarcação FB24. Ainda de acordo com a Praticagem, a Capitania teria iniciado a vistoria no navio logo após o acidente para apurar as causas.

Nossa reportagem tentou entrar em contato com a assessoria de imprensa da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp) e com a Capitania dos Portos, mas nenhum representante dos dois órgãos foi localizado para dar mais informações sobre o sinistro e sobre a permanência do navio ou não no porto até que o caso seja esclarecido.

2º acidente do Zhen Hua 27

Este é o segundo acidente no Porto de Santos envolvendo o navio Zhen Hua 27, que atracou no berço do Terminal de Contêineres da Santos Brasil (Tecon), na margem esquerda, no dia 5 de maio, trazendo três portêineres comprados pela operadora portuária.

Cada um dos portêineres movimenta quatro contêineres ao mesmo tempo. Antes mesmo de iniciar a operação para descarregar os equipamentos, o navio sofreu a primeira colisão com outro navio. O choque ocorreu quando as amarras do navio soltaram com os ventos fortes que atingiram a região, na ocasião. Desde então, o navio estava atracado no porto para reparos, sofrendo novo sinistro, em sua saída. 

Balsas devem ser evitadas hoje

O diretor de Trânsito de Guarujá, Eduardo Iago, informou, por meio da assessoria de imprensa, que as embarcações maiores de veículos não vão operar na travessia Santos-Guarujá, durante a manhã de hoje. Por isso, Iago orienta para que os motoristas evitem a travessia, optando pela Rodovia Cônego Domenico Rangoni (ex-Piaçaguera) ou utilizem as barcas de pedestres. A orientação é para evitar filas, na Avenida Adhemar de Barros, em Guarujá, ou em Santos, no Ferry Boat.