Munícipe pede ligação de energia há mais de 1 ano em Itanhaém

Uma moradora da Avenida Marginal Direita, quadra 139, no bairro Cibratel II, em Itanhaém, solicita há mais de um ano ligação de energia em sua casa, mas sem sucesso. Andreza Campos Alves explica que está no meio de um jogo de empurra entre a Elektro e a prefeitura.

Ao fazer o pedido na distribuidora de energia, ela recebe como resposta que não é possível atender à solicitação porque a prefeitura precisa fazer o arruamento para que a empresa possa instalar um poste. Andreza, então, pede à prefeitura que o setor responsável faça o serviço necessário, mas a Administração diz que quem precisa fazer essa solicitação é a Elektro.

O DL questionou a empresa, que respondeu que solicitou à prefeitura, no mês de fevereiro, por meio de carta, a abertura da rua para fazer a extensão de rede de distribuição de energia, mas não não recebeu resposta, o que impossibilita a obra.

Já a prefeitura afirmou que a Elektro não fez qualquer pedido de arruamento até o momento. Informou também que equipes da Secretaria de Serviços e Urbanização irão até o local para fazer uma vistoria.

A reportagem então, pediu a distribuidora o protocolo que comprove o pedido de envio da solicitação, mas ela explicou que trata-se de um documento interno e que irá verificar com a prefeitura o que está ocorrendo.