X

Cotidiano

Fala delas! Mulheres tomam 109% menos multas do que homens na Baixada Santista

Ao todo, as mulheres computaram 95.359 multas, enquanto os homens tiveram ocorrências 199.755 registradas oficialmente

Igor de Paiva

Publicado em 01/04/2024 às 07:00

Atualizado em 01/04/2024 às 08:38

Comentar:

Compartilhe:

A-

A+

O público feminino é o que menos comete infrações no trânsito / Divulgação/PMS

O público feminino é o que menos comete infrações no trânsito e o que menos recebe multas dentre todos os condutores nas nove cidades da Baixada Santista. De acordo com o Departamento de Trânsito do Estado de São Paulo (Detran-SP), as mulheres registraram uma diferença de 109,4% a menos de casos em relação aos homens em 2023. Inclusive, se você tomou uma multa, é possível recorrer.

Siga as notícias do Diário do Litoral no Google Notícias

Ao todo, as mulheres computaram 95.359 multas, enquanto os homens tiveram ocorrências 199.755 registradas oficialmente. Desse modo, no último ano a somatória alcançou a marca de 295.114 multas.

Ainda de acordo com o Detran, as principais multas aplicadas para as mulheres na Baixada Santista são em relação a dirigir em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, que contou com 28.782 autuações, e transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% e até 50%, que registrou  3.799 casos.

Faça parte do grupo do Diário no WhatsApp e Telegram.
Mantenha-se bem informado.

O órgão deixa claro que a  estatística só leva em consideração multas que já estão aplicadas aos condutores, findado o período de contestação, e que são lavradas por todos os órgãos autuadores do Estado (Detran, Companhia de Engenharia e Tráfego-CET e Departamento de Estradas de Rodagem-DER).

Dirigir de chinelo gera multa? E sem camiseta? Usando fone de ouvido, pode?
 
ESTADO

Em comparação a todo o estado de São Paulo, as mulheres também tiveram menos problemas em relação ao trânsito nas cidades.

O Detran aplicou 8 milhões de multas em todos os 645 municípios paulistas. Dessas, apenas 31% foram direcionadas às mulheres, algo em torno de 2 milhões e 400 mil casos.

Entre as principais infrações cometidas estão: transitar em velocidade superior à máxima permitida em 20% (1,8 milhão cometidas por homens e 838 mil cometidas por mulheres); deixar de efetuar registro do veículo em 30 dia ao transferir a propriedade (411,8 mil homens e 159,2 mulheres); transitar em local/horário não permitido pela regulamentação - rodízio (404,8 mil homens e 242 mil mulheres); avançar o sinal vermelho do semáforo (308,5 mil homens e 153 mil mulheres); estacionar em desacordo com a regulamentação (215 mil homens e 147,5 mil mulheres); conduzir o veículo registrado que não esteja devidamente licenciado (195,6 mil homens e 80,5 mulheres).

 

Apoie o Diário do Litoral
A sua ajuda é fundamental para nós do Diário do Litoral. Por meio do seu apoio conseguiremos elaborar mais reportagens investigativas e produzir matérias especiais mais aprofundadas.

O jornalismo independente e investigativo é o alicerce de uma sociedade mais justa. Nós do Diário do Litoral temos esse compromisso com você, leitor, mantendo nossas notícias e plataformas acessíveis a todos de forma gratuita. Acreditamos que todo cidadão tem o direito a informações verdadeiras para se manter atualizado no mundo em que vivemos.

Para o Diário do Litoral continuar esse trabalho vital, contamos com a generosidade daqueles que têm a capacidade de contribuir. Se você puder, ajude-nos com uma doação mensal ou única, a partir de apenas R$ 5. Leva menos de um minuto para você mostrar o seu apoio.

Obrigado por fazer parte do nosso compromisso com o jornalismo verdadeiro.

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

REGIÃO NORTE

Embarcação com vários corpos em decomposição é encontrado no Pará

A Polícia Federal já esta ciente do caso e as investigações já foram iniciadas

Esportes

Preparo físico sem lado mental não garante sucesso esportivo, afirma especialista

Psicológico é um ponto-chave nos Jogos Olímpicos de Paris

©2024 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software

Newsletter