Motoristas de Peruíbe devem receber o 13º salário hoje

Jundiá pagou atrasados e parte dos funcionários voltaram a operar 50% da frota de ônibus na quarta-feira por liminar

Comentar
Compartilhar
30 NOV 2018Por Da Reportagem09h20
Motoristas de ônibus de Peruíbe voltaram ao trabalho na manhã de quarta-feira (28)Motoristas de ônibus de Peruíbe voltaram ao trabalho na manhã de quarta-feira (28)Foto: Divulgação

Os motoristas de ônibus de Peruíbe voltaram ao trabalho na manhã de quarta-feira (28), após a empresa Jundiá depositar o adiantamento salarial que estava atrasado, na última terça-feira (27). A Jundiá opera 28 ônibus coletivos e quatro de fretamento para estudantes de Peruíbe.

Na última segunda-feira (26), 130 funcionários entraram em greve e fizeram 48 horas de paralisação em razão de atraso de pagamentos.  

Parte dos funcionários voltou a trabalhar após empresa pagar os atrasados e obter liminar obrigando-os a operar 50% da frota.

No dissídio impetrado pela Jundiá, que resultou na liminar, o Tribunal Regional do Trabalho (TRT) de Campinas marcou audiência de instrução e conciliação para as 11 horas deontem. Mas, a empresa não participou alegando que já havia solucionado o problema, e requereu ao TRT, na quarta-feira, a suspensão da audiência.

Já o Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários de Santos alega que não foi avisado a tempo e chegou em Campinas no horário marcado. “Mas não tem problema”, diz o vice-presidente do sindicato, José Alberto Torres Simões, o Betinho. “Aproveitamos a oportunidade para mostrar ao juiz todas as irregularidades trabalhistas cometidas pela empresa, entre elas os constantes atrasos salariais”.

Para esta sexta-feira, está previsto o pagamento de metade do 13º salário. Por enquanto, não há assembleia marcada.