Mortes em acidentes de trânsito caem 40% em São Vicente

De janeiro até dezembro do ano passado, Cidade registrou 30 vítimas fatais, 20 a menos que em 2016

Comentar
Compartilhar
20 FEV 2018Por Da Reportagem16h26
Foram registradas 30 mortes em 2017, 20 a menos que em 2016Foto: Rodrigo Montaldi/DL

São Vicente reduziu o número de mortes em acidentes de trânsito durante o ano de 2017, em relação a 2016. De acordo com dados do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito/Detran SP, foram registradas 30 mortes, 20 a menos que em 2016. A meta definida para o município era de 44 óbitos. Foram registrados 14 abaixo da meta, apresentando saldo positivo.

Segundo o secretário de Trânsito e Transportes (Setrans), Alexandre de Almeida, as campanhas de conscientização são fundamentais na redução deste índice. “A maioria dos acidentes são causados por imprudência, daí a importância das campanhas de conscientização, que em sua maioria buscam educar crianças e adultos para que tenhamos vias mais seguras para motoristas e pedestres”.

O levantamento é feito desde 2015. Os óbitos estão concentrados em vias municipais (63,33%). A motocicleta foi o modal em que ocorreu o maior número de mortes, com oito acidentes fatais (53,33%). No geral, a faixa etária mais impactada foi a de 30-34, com 5 óbitos no total. Os homens representam o maior número de vítimas (63,33%).

Os dados mostram que domingo é o dia em que mais acontecem acidentes, com 6 ocorrências. O período mais comum é o noturno, entre as 18h e 00h. Quanto aos fatores de risco humanos, a principal causa é a conduta perigosa do veículo.

 “Com o estudo do movimento paulista de segurança no trânsito, o que verificamos é que a maior fator de risco é a conduta perigosa dos motoristas, logo não dirigir após fazer uso de bebida alcoólica e não usar o telefone celular enquanto dirige são posturas que com certeza diminuirão em muito os riscos de acidentes”, completa o secretário.

Para melhorar ainda mais esse índice, uma das ações recentes é a Operação Verão 2018. Cento e noventa e seis policiais militares da Capital e do Interior já estão atuando na Cidade desde 20 de dezembro do ano passado, em uma parceria entre a Polícia Militar e a Prefeitura. Até o dia 20 de fevereiro, esse efetivo reforçará a segurança de vicentinos e turistas.

Outras Ações

Em julho de 2017, foi anunciado o recebimento de mais de R$ 1,5 milhão do Governo do Estado pelo Detran-SP para investir em sinalização, pavimentação, criação de ciclovias, rotatórias e ações de prevenção de acidentes. O convênio de liberação do recurso foi assinado pelo prefeito Pedro Gouvêa no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo.

Além disso, foi sancionado o projeto Faixa Viva no Município em setembro deste ano. A Lei 3.600-A visa conscientizar os motoristas e motociclistas sobre a preferência dos pedestres numa faixa de travessia sem sinalização semafórica. Basta o pedestre estender o braço com a mão espalmada, ainda na calçada, para os veículos darem passagem.