Moradores de Vicente de Carvalho contribuem com Orçamento Participativo

A ação é um instrumento governamental de democracia participativa que permite aos cidadãos influenciarem ou decidirem sobre o orçamento anual

Comentar
Compartilhar
26 AGO 201411h23

Moradores da região de Vicente de Carvalho tiveram a oportunidade, na sexta-feira (22), de apresentarem suas propostas e contribuições para a construção do Orçamento Municipal de 2015. O evento ocorreu na Sociedade Esportiva Itapema (Socia) e a prefeita de Guarujá, Maria Antonieta de Brito, e secretários municipais particiapram da ação.

As audiências do Orçamento Participativo são realizados em todas as regiões da Cidade, desde 2009. A ação é um instrumento governamental de democracia participativa que permite aos cidadãos influenciarem ou decidirem sobre o orçamento anual. Essa é a oportunidade das comunidades apresentarem suas aspirações e as prioridades onde os investimentos da Prefeitura deverão ser aplicados.

A prefeita Antonieta explicou aos participantes como é elaborada a peça orçamentária da Prefeitura – receitas fixas e os investimentos para o próximo ano. “Esta é, sem duvida, a oportunidade de cada um dizer qual a prioridade nas ações para a utilização dos recursos e investir bem, ou seja, de acordo com o que a população elenca como mais importante. Temos os recursos fixos e o pouco que sobra são investimentos que deveremos fazer em 2015. Vocês que estiveram aqui hoje também conheceram os problemas que atrapalharam a aplicação dos investimentos, como a mudança das regras dos precatórios que atingiram nosso Município”.

(Foto: Roberto Sander Jr./PMG)

Além das propostas, os moradores de Vicente de Carvalho receberam informações de ações que estão em iminência de acontecer. Como, por exemplo, a implantação da Zona Azul, conforme o secretário municipal de Defesa e Convivência Social, Wagner Pereira da Silva, explicou que depois de um estudo do projeto inicial e uma reformulação, entrará em processo licitatório em breve. Ou ainda sobre a construção da nova Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Vicente de Carvalho.

Na ocasião, o diretor de Urgência e Emergência da Secretaria Municipal de Saúde, Waldir Tamburus, explanou sobre o repasse da verba por parte do Governo Federal e o trâmite das ações para o início das obras.

O morador da Vila Alice, José Carlos de Souza, esteve pela primeira vez em um encontro do Orçamento Participativo e foi levar suas contribuições com foco na melhor infraestrutura e zeladoria do bairro. “Aqui, na Vila Alice, temos um problema antigo de drenagem. Entendo que o bairro, um dos mais antigos e tradicionais, de Vicente de Carvalho precisa de uma associação de moradores. Enquanto não organizamos, é importante a participação dos moradores para reivindicar e para também ter informações”.

As propostas apresentadas pelos moradores são destinadas a manutenção e melhorias na infraestrutura, iluminação pública, drenagem e pavimentação. A audiência reuniu aproximadamente 100 pessoas.

A também moradora da Vila Alice, Valdineia Leite de Assis, participou pela primeira vez da audiência do Orçamento Participativo estimulada por uma amiga. Além de apresentar suas propostas, a moradora também esclareceu dúvidas referentes à Educação e a Saúde. “Fui convidada e fiz questão de participar. Achei bastante produtivo, apresentei propostas para a Saúde e para a Cultura. Vale a pena participar”, finalizou a moradora.

As audiências do Orçamento Participativo continuam nessa semana:

- 27/08 – Unaerp (Avenida Dom Pedro, 3300 – Enseada)

Bairros: Jardim Virginia, Pedreira, Cantagalo e Enseada

- 29/08 – Caec Izabel Ortega (Avenida Manoel da Cruz Michael, 333 – Santa Rosa)

Bairros: Santa Rosa, Santo Antônio e Mange Seco

- 02/09 – Associação dos Amigos e Moradores da Praia de Santa Cruz dos Navegantes (Rua Carmozina de Freitas Abreu, 188, casa 4)

Bairros: Santa Cruz dos Navegantes

- 05/09 – Caec Vila Rã (Rua Iracema, s/n)

Bairros: Areião, Pernambuco e Maré Mansa.