Moradores da Vila Elizabeth cobram fim dos caminhões no bairro

Representantes da população do bairro estiveram na Câmara de Cubatão, na tarde de hoje (06), em reunião com o presidente da CEV, vereador Ivan da Silva (PDT), o Ivan Hildebrando

Comentar
Compartilhar
07 NOV 201318h03

Moradores da Vila Elizabeth estiveram na Câmara, na tarde desta quinta-feira (06), em reunião com o presidente da Comissão Especial de Vereadores (CEV), vereador Ivan da Silva (PDT), o Ivan Hildebrando. Participaram da reunião os secretários de Manutenção Urbana e Serviços Urbanos, Pedro Hildebrando; Habitação, Silvano Lacerda; e o representante da Companhia Municipal de Trânsito (CMT), Elizeu Lara. Os moradores cobram melhorias no bairro, como a restrição da circulação de caminhões.

Josiane de Oliveira Pinto, moradora do bairro, questionou o secretário da Habitação em relação à retirada de moradias do bairro. "Sempre ouvimos dizer que vão tirar os moradores e queremos saber a verdade", disse.

Segundo o secretário, não há nenhum projeto municipal, estadual ou federal que trate sobre a remoção de moradias. "O que há são apenas desapropriações de algumas moradias por causa da construção do Anel Viário. Mas estes casos já estão acordados com a Ecovias", esclareceu.

Outro problema que afeta o bairro é o excesso de caminhões nas vias. Eles entram e circulam nas ruas da Vila Elizabeth, além de utilizar o espaço público como estacionamento. Os moradores e o presidente da CEV, Ivan Hildebrando, cobraram o representante da CMT para que faça a fiscalização no bairro e garanta o cumprimento da Lei 2.978, de 2005, que proíbe a circulação de veículos de transporte de produtos perigosos e contêineres nas vias públicas localizadas nas zonas residenciais e comerciais do município.

Morandores durante reunião com o vereador Ivan Hildebrando (Foto: Divulgação)

Manutenção

Os moradores também elencaram alguns problemas do bairro relacionados à secretaria de Obras e Serviços Públicos.

"As calçadas estão muito esburacadas, porque os caminhões passam por elas e quebram tudo. Também há buracos nas vias. Além disso, o único acesso que há para os pedestres está intransitável. As crianças precisam andar no meio da sujeira e lama para ir à escola", esclareceu Josiane.

Ela pediu ainda iluminação sob o viaduto e manutenção da quadra. "É o único espaço de lazer do bairro e os fios estão expostos. Também é necessário colocar uma rede para cobrir a quadra", pediu.

O secretário de Obras afirmou que é possível atender aos pedidos da comunidade com agilidade. Ele combinou de visitar o bairro nesta sexta-feira (08/11) para verificar pessoalmente as demandas e tomar as providências necessárias.

Próxima reunião

A comissão irá convocar, para a próxima reunião, representantes das secretarias municipais de Educação, Saúde e Meio Ambiente.

Entre as reivindicações que serão tratadas no próximo encontro estão o transporte escolar para as crianças, a desratização do bairro e a volta de um agente de saúde para atuar na Vila Elizabeth.