X
Cotidiano

Moradores pedem serviços de zeladoria no Jardim Grandesp, em Itanhaém

Principal via do bairro, a avenida Pedro Walmore de Araújo, está em condições precárias. Prefeitura diz que vai realizar melhorias em 30 dias

Em dias de chuvas fortes, segundo os moradores, as ruas do Jardim Grandesp ficam totalmente alagadas e com lama / Nair Bueno/DL

A avenida Pedro Walmore de Araújo, a principal via do bairro Jardim Grandesp, do lado morro, em Itanhaém, está em condições ruins, com o mato alto, buracos, sem pavimentação e os serviços de manutenção. Em dias de chuvas fortes, segundo os moradores, as ruas ficam totalmente alagadas e com lama, sem as mínimas condições para o tráfego de veículos, motos ou pedestres. A reportagem do Diário do Litoral esteve na avenida, na última semana, para verificar a situação e ouvir os moradores do bairro.

O morador e aposentado Alberto Júlio Pereira, que mora há cerca de um ano na avenida, explica que a situação fica intransitável em dias de chuva.

“Quando chove, ninguém tem condições de passar. Todos pagamos valores altos de impostos, mas não temos o retorno com os serviços de manutenção das ruas. Diversos veículos já perderam as placas devido aos alagamentos”, frisa.

A mesma opinião tem o pedreiro Gabriel Pereira da Silva, morador há 26 anos no local.

“Essas ruas sempre estiveram em péssimas condições. Nos reunimos e acabamos fazendo algumas melhorias, como jogar cascalho e cortar o mato alto. Algumas ruas que cortam a avenida também estão intransitáveis, cheias de lama e mato”, completa.

Outro problema é que a avenida não possui um sistema de drenagem de águas pluviais, além de os moradores não contarem com a rede de saneamento básico da Sabesp no local.

No início deste mês, um grupo de moradores se reuniu com o prefeito Tiago Cervantes (PSDB), na prefeitura, para reivindicar os serviços no bairro.

Para os moradores que dependem de ônibus urbano, eles têm que caminhar até a rodovia para pegar a linha Gaivota (via pista) para ir ao Centro.  

A avenida Marginal à rodovia Padre Manoel da Nóbrega, na altura do bairro Jardim Grandesp, também está em condições precárias, com enormes buracos e pontos de alagamentos.  

Sem mobilidade      

Alguns munícipes nesta avenida ainda apresentam mobilidade reduzida, pois são cadeirantes ou têm problemas de saúde para se locomover.

É o caso da moradora Aparecida Lourdes Correa, de 67 anos, que possui um filho em cadeira de rodas, de 50 anos. Eles moram na avenida Pedro Walmore de Araújo, há cerca de 18 anos.

“Ele teve um Acidente Vascular Cerebral (AVC) há dois anos e, por isso, tem que usar a cadeira de rodas e não pode mais andar sozinho. Porém, meu filho sempre pede para ir até o portão e dar uma volta. Há poucos dias, ele já caiu duas vezes em um buraco em frente a nossa casa”, completa dona Lourdes. Lembra ainda que até a ambulância da Samu tem dificuldades para chegar na sua casa.

Prefeitura

A prefeitura de Itanhaém informa que a região do Grandesp recebeu serviços de zeladoria, recentemente, mas que os serviços seguirão no local com a aplicação de materiais, como bica corrida e nivelamento dentro dos próximos 30 dias.

Quanto à realização de obras de pavimentação e drenagem, na região do Grandesp, conforme informado aos moradores, a prefeitura diz que está em fase de estudos e projetos para a captação dos recursos necessários e deve ampliar as áreas a serem contempladas.

Atualmente, segundo a Administração, há inúmeras áreas da cidade com obras em andamento de pavimentação e drenagem.

Sabesp

A Sabesp esclarece que parte do bairro Jardim Grandesp, em Itanhaém, já vem recebendo obras que implantam redes para coleta dos esgotos, dentro das ações do programa Onda Limpa, que está ampliando o sistema de esgotamento sanitário em outras regiões da Cidade.

Diz ainda que as ações da Companhia cumprem ao cronograma estabelecido em plano de investimento do contrato firmado junto à Administração Municipal, no qual se definem as próximas localidades e previsões de obras no município.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Praia Grande abre concursos públicos em duas áreas; salários chegam a R$ 7 mil

No total, são 77 vagas em diferentes cargos

Em parceria com o TSE, Instagram e Facebook inserem rótulos em 'posts' sobre eleições

O objetivo é rebater notícias falsas com informações oficiais do TSE

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software