Missa, ato cívico e sessão solene marcam a manhã de solenidades

As 9h, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa fez a primeira leitura na missa da Catedral, celebrada pelo bispo Dom Jacyr Francisco Braido.

Comentar
Compartilhar
27 JAN 201413h40

As comemorações dos 468 anos da cidade de Santos, neste domingo (26), começaram cedo. As 9h, o prefeito Paulo Alexandre Barbosa fez a primeira leitura na missa da Catedral, celebrada pelo bispo Dom Jacyr Francisco Braido, em homenagem ao aniversário do município.

Logo em seguida, Paulo Alexandre participou de um ato cívico em frente ao monumento de Braz Cubas, na praça da República. Seguindo a tradição, o prefeito de Santos depositou flores para o fundador da cidade.

Na Câmara Municipal de Santos, uma sessão solene encerrou a programação oficial do período da manhã, com apresentações da banda Querô e do grupo vocal SP-101, além da intervenção teatral do grupo Urbanus. No plenário Oswaldo de Rossis, o prefeito destacou a importância da cidade e de seus munícipes. "Santos tem uma das mais ricas histórias do país. Temos apenas que agradecer as conquistas obtidas ao longo dos anos e trabalhar nos avanços que são necessários para o futuro de nossa cidade", discursou.

As comemorações dos 468 anos da cidade de Santos, neste domingo (26), começaram cedo

Foto: Raimundo Rosa