Mirante da Campina recebe mais de 30 mil pessoas em pouco mais de um mês

Novo ponto turístico de Guarujá é sucesso absoluto de público. O cartão postal ainda oferece o projeto 'Música no Mirante'

Comentar
Compartilhar
09 AGO 2019Por Da Reportagem23h01
Do local, pode-se contemplar toda a extensão da Praia da Enseada, a 40 metros de altura.Foto: Hygor Abreu/PMG

Já considerado um dos principais pontos turísticos de Guarujá, o Mirante da Campina (Morro do Maluf), recebeu a visita de mais de 30 mil pessoas desde sua inauguração, há 40 dias. Do local, pode-se contemplar toda a extensão da Praia da Enseada, a 40 metros de altura.

E para incrementar ainda mais o novo cartão postal da Cidade, o público ainda pode aproveitar o projeto 'Música no Mirante', que consiste em apresentações musicais solo de instrumentistas da Orquestra Municipal, todos os fins de semana, a partir das 17 horas.

Para o secretário de Cultura e interino de Turismo, Marcelo Nicolau, Guarujá tem se destacado como potência turística e cultural na Região Metropolitana, fato impulsionado, também, pela inauguração do Mirante da Campina, que reflete no aumento da demanda de hóspedes do setor hoteleiro em torno do local. "O objetivo é reestruturar outros pontos turísticos e continuar fomentando a economia, por meio do turismo e da economia criativa", destacou.

Presidente do Visite Guarujá, Maria Laudenir Oliveira corrobora que o novo ponto turístico e o projeto Música no Mirante impactam na permanência do visitante na Cidade. "É mais uma boa opção de lazer. O Mirante da Campina vem agregar valores para o turismo de Guarujá, pois todos os visitantes desejam prestigiar o espaço", ressaltou.

Moradora de Santos, Victória Amorim, de 20 anos, aproveitou o fim de semana para visitar amigos e conhecer o Mirante. "Guarujá possui as melhores praias do Litoral, e o local, revitalizado, valoriza sua beleza natural e soma como um espaço de lazer", comentou.

A estudante Milena Vasconcelos, de 20 anos, é munícipe e comemorou a reforma do local. Para ela, o ambiente está preparado para receber o público, inclusive com acessibilidade. "Agora, o espaço tem mais segurança, estrutura e organização eficientes para receber pessoas", destacou.