X
Cotidiano

Ministro da Saúde anuncia ampliação do teto SUS e renovação da frota do SAMU

Com isso, as prefeituras da Baixada Santista poderão ampliar os seus atendimentos à população que depende do sistema público

Ricardo Barros anunciou que ampliará em R$ 120 milhões/ano o repasse da União para a ampliação do teto SUS / Douglas Luan/Deputado Papa

O ministro da Saúde, Ricardo Barros, anunciou na noite desta quarta-feira (12), que ampliará em R$ 120 milhões/ano o repasse da União para a ampliação do teto SUS. Com isso, as prefeituras da Baixada Santista poderão ampliar os seus atendimentos à população que depende do sistema público. Outra boa notícia foi a renovação, por parte da pasta federal, da frota do SAMU da região. O Governo bancará ambulâncias novas a todos os municípios que possuem veículos com mais de cinco anos de uso.

Esses anúncios foram feitos durante audiência dos deputados federais, estaduais, prefeitos, vices e secretários da saúde das nove cidades com Ricardo Barros. O encontro, que ocorreu a pedido do deputado João Paulo Papa (PSDB-SP), atendendo um pleito levantado pelo Condesb no último dia 29 de junho, foi na sede do ministério, em Brasília-DF.

Participaram da reunião os prefeitos Alberto Mourão (Praia Grande, presidente do Condesb); Paulo Alexandre Barbosa (Santos); Pedro Gouvêa (São Vicente); Valter Súman (Guarujá); Caio Matheus (Bertioga) e Luiz Maurício (Peruíbe); os vices-prefeitos Pedro de Sá (Cubatão); Márcio Melo (Mongaguá) e Tiago Cervantes (Itanhaém). Além de Papa, estiveram presentes os deputados federais Marcelo Squassoni e Beto Mansur, e os estaduais Paulo Corrêa Jr; Caio França e Cássio Navarro. Também estavam no encontro vereadores e secretários de Saúde.

“Foi um encontro histórico”, definiu Papa. “Essas boas notícias são importantes vitórias para a população da Baixada Santista, resultado de uma articulação que reuniu todos, de vereadores, prefeitos e deputados, todos. Unidos em torno de uma saúde justa e eficiente para a Baixada. A Região vem pressionando de forma conjunta e conquistando bons resultados”, continuou o parlamentar, recordando que, desde o início de seu mandato, encaminhou todas as emendas a que tem direito à saúde, beneficiando os nove municípios da Baixada. São Mais de R$ 30 milhões em dois anos e meio para o setor.

Ricardo Barros, durante sua apresentação, definiu como fundamental a movimentação conjunta. “Este é um comportamento que não se vê em todo o Brasil, e algo que desejo colocar em prática: a efetiva implantação de políticas regionalizadas para a saúde. Vejo como o caminho para solucionarmos as maiores demandas existentes no País. Parabéns a todos”, finalizou.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Itanhaém

Audiência pública discute propostas sobre zoneamento urbano em Itanhaém

Empresa Geo Brasilis apresentou informações técnicas sobre as características do município

Saúde

Ocupação de leitos de UTI de Covid-19 só aumenta na Baixada Santista

Região ainda não teve um único dia de diminuição de leitos ocupados durante todo o ano de 2022 segundo Seade

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Software