Ministro da Pesca espera entregar TPPS até dezembro

Gregolin visitou o Terminal Pesqueiro de Santos para conferir o andamento das obras de reforma e ampliação

Comentar
Compartilhar
20 FEV 201314h44

O ministro da Secretaria Especial de Aquicultura e Pesca (Seap), Altemir Gregolin, vistoriou, na manhã de ontem, o Terminal Pesqueiro Público de Santos (TPPS) para conferir o andamento das obras, porém, já adiantou que a conclusão da reforma e ampliação que estava prevista para o fim do ano poderá se alongar por mais dois meses.

De acordo com Gregolin, 80% da obra já está concluída, faltando apenas a instalação da fábrica de gelo que terá capacidade para produzir 120 toneladas de gelo/dia e solucionar um problema na estrutura do píer.

Segundo o ministro, a estrutura do píer será analisada nos próximos 40 dias. O estudo determinará se será necessária apenas a manutenção ou a construção de um novo píer.

Além disso, as obras no TPPS incluem a recuperação do piso e do teto e das redes elétrica, de água e esgoto. O empreendimento demanda um orçamento de aproximadamente R$ 6 milhões, sendo R$ 1,9 milhão só o custo da fábrica de gelo. A área do Terminal é de 22 mil m².  
 
O ministro destacou a importância da ampliação do Terminal Pesqueiro de Santos como um equipamento de fomento à produção pesqueira considerando que “São Paulo é o maior mercado consumidor. O Estado pesca hoje 1 milhão de pescado, mas tem condições de pescar 20 milhões. No país, o crescimento da produção de pescado é de 20% ao ano”, declarou o ministro.

O ministro chegou à Baixada Santista no domingo onde proferiu palestra no 34º Congresso Brasileiro de Medicina Veterinária (Conbravet). Em sua explanação, Gregolin falou sobre a perspectiva de o país dobrar a produção pesqueira em quatro anos com o desenvolvimento da aquicultura e a criação em cativeiro de peixes, camarão e moluscos.

Na manhã de ontem, antes da visita ao terminal, o ministro realizou outra palestra sobre os rumos do desenvolvimento aquícola no Brasil. O congresso, que é promovido pela Sociedade Brasileira de Medicina Veterinária, termina nesta quarta-feira, no Mendes Convention Center.

Aproveitando a ocasião, o ministro lembrou sobre a inscrição de embarcações para a pesca do camarão sete-barbas, cujo prazo encerra na sexta-feira. A inscrição garante a renovação da permissão da pesca deste camarão.

A inscrição pode ser feita na sede do Ministério da Defesa Agropecuária, onde a Seap mantém um escritório, na Avenida Guilherme Weinschenk, sem número, no Porto de Santos ou no próprio Terminal Pesqueiro de Santos, na Avenida Rei Alberto, 750, em frente à balsa que faz a travessia entre Santos e Guarujá. Os horários são das 8 às 12h e das 14 às 18h. É preciso apresentar documentos pessoais, da embarcação e comprovação de que realizou pescaria nos anos de 2005 e 2006.

Já na próxima segunda-feira, a Seap lança a 4a Semana do Peixe. A campanha nacional realizada em parceria com a Associação Brasileira de Supermercados (Abras), tem por objetivo promover o consumo do pescado no Brasil.