Merkel rejeita convite de Putin para desfile da vitória da 2ª Guerra

A chanceler alemã está na linha de frente dos esforços ocidentais para um cessar-fogo no leste ucraniano

Comentar
Compartilhar
11 MAR 201515h07

A chanceler alemã Angela Merkel rejeitou um convite do presidente russo Vladimir Putin para participar de um desfile em Moscou em celebração ao 70º aniversário da derrota dos nazistas, no dia 9 de maio, disseram autoridades nesta quarta-feira.

O porta-voz de Merkel disse que a líder alemã propôs, em troca, participar de um serviço memorial e da colocação de uma coroa de flores no túmulo do soldado desconhecido no dia seguinte, na capital russa. Putin aceitou a sugestão.

"A chanceler quer celebrar o fim da Segunda Guerra Mundial e a libertação do nacional-socialismo de forma apropriada e com dignidade, disse Steffen Seibert a repórteres em Berlim. "Tendo em vista as ações russas na Crimeia e no leste ucraniano, participar do desfile militar não parece apropriado."

Merkel está na linha de frente dos esforços ocidentais para um cessar-fogo no leste ucraniano, onde forças do governo combatem separatistas apoiados pela Rússia.

Boa parte das negociações diplomáticas envolvem Alemanha, França Ucrânia e Rússia. Seibert disse que Merkel receberá o presidente ucraniano Petro Poroshenko em Berlim na segunda-feira.

Angela Merkel rejeitou um convite do presidente russo Vladimir Putin para participar de um desfile em Moscou (Foto: Associated Press)