Médica do SAMU é a primeira vacinada contra covid-19 em Praia Grande

Teresinha Saddi, de 67 anos, é funcionária municipal há 28 anos

Comentar
Compartilhar
20 JAN 2021Por Da Reportagem18h49
O evento contou com a presença da prefeita de Praia Grande, Raquel Chini, entre outras autoridadesFoto: Divulgação/PMPG

A primeira pessoa vacinada contra a covid-19 em Praia Grande foi a médica Teresinha Regina Saddi, de 67 anos, que trabalha atualmente no Serviço de Urgência e Emergência (SAMU) da Cidade. O Município recebeu, inicialmente, 4.080 doses que serão aplicadas em profissionais da saúde e população indígena.

Teresinha, que é servidora municipal há 28 anos, foi escolhida por ter sido uma das primeiras pessoas contaminadas por covid-19 em Praia Grande. Sua recuperação muito difícil, o que quase custou a própria vida. “Tive diversas complicações, fiquei mais de dez dias internada e eu mesma já estava ciente de que poderia morrer a qualquer momento. Cheguei a encomendar minha própria cremação. Foi um momento muito triste, porém, após um sonho com minha falecida mãe, eu acordei bem melhor, me recuperei e hoje estou novamente trabalhando no SAMU”, relata, muito emocionada.

A médica conta que quando soube que foi escolhida para ser a primeira da Cidade a receber a dose, a emoção foi ainda maior. “Me senti muito honrada, muito feliz mesmo. Eu faço parte do SAMU com muito orgulho, desde que foi inaugurado. Amo Praia Grande, cidade que me acolheu e que eu vi crescer”, acrescenta.

Ao todo, nove profissionais da saúde receberam a dose durante a solenidade de abertura da vacinação na Cidade e também dos treinamentos dos enfermeiros, técnicos e auxiliares que vão trabalhar nos polos da campanha.

O evento contou com a presença da prefeita de Praia Grande, Raquel Chini, entre outras autoridades. “Agradeço todos os profissionais da Secretaria de Saúde Pública, desde aqueles que estão na portaria, na recepção, no administrativo até aqueles que estão lidando diretamente com os pacientes, como os médicos, enfermeiros e auxiliares. Todos têm sido fundamentais nessa luta que dura quase um ano”, disse.

Para a prefeita, a vacinação vai trazer o alívio que o País tanto busca, porém, o momento ainda é de total cuidado com as normas sanitárias. “É importante que todos continuem se protegendo, usando máscara, higienizando as mãos e evitando aglomerações. Peço também que as pessoas dos próximos grupos a serem vacinados tenham calma, pois as doses estão chegando aos poucos e nós vamos organizando até
que todos sejam atendidos”, destacou a prefeita.

A enfermeira do SAMU, Regina Rolemberg, foi mais uma profissional que recebeu a dose durante a solenidade. “Eu estou extremamente emocionada, não foi fácil estar na linha de frente esses dez meses. A Secretaria de Saúde de Praia Grande nos apoiou ao máximo. Em momentos extremos como quando houve aquela falta de máscara e outros EPIs praticamente no mundo inteiro, a gente tinha esses materiais aqui na Cidade, nunca nos faltou. Mesmo assim é difícil lidar com a pandemia, com o nosso psicológico. E hoje, receber essa vacina, é uma honra, um alívio, uma esperança”, comemora.

Os outros contemplados com a vacinação durante o evento foram Elza Ferreira (enfermeira da Atenção Básica), Sandra Soraia Ribeiro (médica do Pronto-socorro Quietude), Maria Claudia Santos Silva (auxiliar de enfermagem do PS Quietude), Maria Daniela Corneta de Alcantara (auxiliar de enfermagem do Cemas), Antônio Alberto Demartini Manzan (médico Ceas Mulher), Suzelaine Souza Nogueira de Azevedo (auxiliar de enfermagem da Vigilância em Saúde) e  Solange Moraes Teixeira Cavalhieri (médica da Vigilância em Saúde).

O titular da Secretaria de Saúde Pública (Sesap) de Praia Grande, Cleber Suckow Nogueira, comenta que a Cidade está seguindo todas as diretrizes do Ministério da Saúde e Governo Estadual. “ Nesse primeiro momento, vamos vacinar os profissionais que estão na linha de frente e a população indígena. A previsão é de recebermos mais doses na próxima semana. Desta forma, daremos seguimento à vacinação dos
demais profissionais da área. Enquanto isso, os polos de vacinação estão sendo preparados para receber a população idosa que será o próximo grupo contemplado”, explica.