Manifestantes tomam as ruas de Madri contra privatização da Saúde

Milhares de pessoas tomam as ruas de Madri, capital espanhola, contra os planos de privatizar parte so sistema público da região.

Comentar
Compartilhar
13 JAN 201312h58

Milhares de pessoas marcham em Madri para protestar contra os planos de privatizar parte do sistema público de saúde da região. A manifestação por parte de usuários e funcionários do sistema é a segunda maior deste ano. Várias marchas semelhantes aconteceram no ano passado.

Os protestantes tomaram neste domingo (13) as principais avenidas do centro da capital. Eles carregavam cartazes e faixas dizendo "Saúde Pública deve ser defendida, não vendida."

A região de Madri propôs a venda da gestão de seis dos 20 maiores hospitais públicos em sua jurisdição e 10% dos 268 centros de saúde pública. O governo afirma que tais reformas são necessárias para assegurar os serviços de saúde durante a crise econômica na Espanha. As informações são da Associated Press.

Manifestantes protestam em Madri, capital espanhola, contra cortes em saúde e educação anunciados pelo governo. (Foto: AP)