Manifestação reúne 200 pessoas na frente da Secretaria da Educação

A equiparação salarial com as demais carreiras de nível superior é uma das principais reivindicações

Comentar
Compartilhar
28 MAR 201421h17

O anúncio do pagamento do bônus aos professores ocorreu no mesmo dia em que o principal sindicato da categoria, a Apeoesp, havia marcado manifestação na frente da Secretaria de Estado da Educação, na República, centro de São Paulo. Cerca de 200 pessoas, segundo a Polícia Militar, participaram do ato.

A equiparação salarial com as demais carreiras de nível superior é uma das principais reivindicações. A Apeoesp defende um reajuste de 75,33%. "A remuneração média do professor é de R$ 2 422, enquanto a média de um trabalhador que possui formação universitária é de R$ 4.247", defende em nota o sindicato.

A categoria aprovou uma nova assembleia para o dia 24 de maio no vão livre do Masp. Nesta sexta-feira, 28, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) negou recurso da entidade contra decisão da Justiça de São Paulo que havia estabelecido pagamento de R$ 1,2 milhão por um ato na Avenida Paulista não avisado às autoridades, realizado em 2005. Ainda cabe recurso.