Mais de 286 mil veículos passaram pelo SAI em direção ao Litoral no feriado

A contagem para o feriado de Finados teve início à 0h de quarta-feira (1°) e terminou às 23h59 de domingo (5)

Comentar
Compartilhar
06 NOV 2017Por Da Reportagem16h01
Na descida da Serra, o número de veículos atingiu sua máxima entre 15h e 16h de quarta-feiraFoto: Arquivo/DL

As rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), administradas pela concessionária Ecovias, registraram durante o feriado prolongado de Finados, a passagem de 286.292 veículos em direção às cidades da Baixada Santista entre 0h de quarta-feira, dia 1º de novembro, e 23h59 de domingo, dia 5.

Na descida da Serra, o número de veículos atingiu sua máxima entre 15h e 16h de quarta-feira (1º), quando 5.610 veículos utilizaram o SAI em direção ao Litoral. Durante esse período, a Ecovias estava em Operação Descida, ou seja, os motoristas tinham à disposição as pistas sul e norte da Via Anchieta e pista sul da Rodovia dos Imigrantes. A subida, por sua vez, ocorria somente pela pista norte da Imigrantes.

Já o momento de tráfego mais intenso na subida foi registrado entre 12h e 13h de domingo (5), quando 9.175 veículos utilizaram as rodovias do trecho de concessão Ecovias em direção à capital paulista. Na ocasião, a Operação Subida (2x8) estava em vigor e dava aos motoristas que seguiam para à Capital Paulista a opção de trafegar pelas duas pistas da Imigrantes ou pela pista norte da Anchieta. Já os usuários que seguiam em direção ao Litoral utilizavam a pista sul da Anchieta.

Acidentes e atendimentos

Durante o feriado, foram registrados 70 acidentes nas rodovias do Sistema Anchieta-Imigrantes. No total, foram 12 feridos e nenhuma morte.

Ao longo dos cinco dias de contagem do feriado, a concessionária atendeu 1.395 usuários que precisaram de auxílio nas rodovias. Destes atendimentos, 780 foram ocorrências por panes mecânicas, 494 necessitaram do apoio de guincho e 121 solicitaram socorro médico.

Responsável pelo Sistema Anchieta-Imigrantes, a Ecovias faz parte do Programa de Concessões Rodoviárias do Estado de São Paulo, sob fiscalização da Agência Reguladora de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp).