Mais de 100 cães e gatos estão disponíveis para adoção em pet shops de Santos

Todos os animais disponibilizados para adoção já estão castrados, vermifugados, vacinados e microchipados

Comentar
Compartilhar
16 ABR 2019Por Da Reportagem18h01
Animais de grande porte são entregues na residência do adotanteFoto: Divulgação/PMS

O seu próximo animal de estimação pode estar mais perto do que você pensa. Além dos cerca de 150 cães e gatos que aguardam um novo lar na Coordenadoria de Defesa da Vida Animal da Prefeitura (Codevida - Av. Francisco Manoel s/nº, no Jabaquara), as lojas Petland (Av. Epitácio Pessoa, 229 - Embaré) e Petz (Av. Ana Costa, 215 – Gonzaga) têm vitrine com animais para adoção.

A parceria mais antiga da Codevida é com a Petland, iniciada no ano passado, e que já resultou em mais de 100 adoções. Já com a Petz foi iniciada em março, após a rede anunciar que não venderia mais animais.

"Quando a loja da Petland estava sendo montada, a Codevida foi procurada para acompanhar a obra e auxiliar a respeito de como seriam as baias em que os animais para adoção ficariam. Já a Petz nos acionou após a decisão nacional e, além de Santos, nossos animais também estão na Petz do bairro Pompeia, na Capital", afirma Leila Abreu, responsável pela Codevida.

Todos os cães e gatos disponibilizados para adoção já estão castrados, vermifugados, vacinados e microchipados. Geralmente, os animais com temperamento mais tranquilo são colocados em exposição nas lojas.

Caso opte pela adoção na Petz, o interessado deve preencher formulário com dados pessoais e aguardar o retorno da Codevida. Já na Petland, o interessado deve deixar um contato e a Codevida telefona para levantar as informações.

Animais de grande porte são entregues na residência do adotante, para que os técnicos da Codevida avaliem as condições do ambiente. Gatos são doados apenas para pessoas que residam em apartamentos com telas nas janelas

Preconceito

Leila afirma que a intenção é incentivar a adoção de animais adultos, que ainda são preteridos. "Por isso, os abrigos tendem a ficar lotados, com adultos nas baias, enquanto os filhotes são doados". Cães com pelagem preta e gatos 'frajolas' (preto e branco) também costumam ficar mais tempo a espera de um lar – mesmo que filhotes.

Colunas

Contraponto