Ludmilla é alvo de racismo na internet e presta queixa na delegacia

Pedindo ajuda das autoridades, a cantora publicou "printscreens" dos comentários, em que é chamada de "criola nojenta", "macaca" e "feiosa"

Comentar
Compartilhar
23 MAI 2016Por Folhapress18h01
Ludmilla foi alvo de racismo na internetLudmilla foi alvo de racismo na internetFoto: Reprodução

A cantora Ludmilla foi à delegacia n?esta segunda-feira (23) após expor no Instagram um internauta que a ofendeu com termos racistas. Pedindo ajuda das autoridades para tentar identificar o agressor, a cantora publicou "printscreens" dos comentários, em que é chamada de "criola nojenta", "macaca" e "feiosa". O usuário parece ter apagado a conta na rede social.

Ludmilla respondeu ao comentário falando que iria "até o final" para ver seu agressor "pagar por isso".

"Alguma autoridade pode me ajudar a identificar esse homem? Não é a primeira vez que ele faz isso, já até bloqueei ele, mas ele continua falando essas coisas em outros instas por aí. Que ódio, só quero a justiça, mais nada. Nessa eu vou até o fim", prometeu a cantora de 21 anos, que chegou abalada à delegacia.

A atitude da funkeira vem na leva de outras famosas, como Adélia do "BBB", a atriz Taís Araújo e a jornalista Maju Coutinho, que denunciaram agressões racistas na internet.