Lotação ajuda a xavecar mulher, diz propaganda do Metrô

O texto vai ao ar em um momento em que surgem diversas denúncias de molestadores sexuais atacando mulheres na rede

Comentar
Compartilhar
25 MAR 201417h29

Uma inserção publicitária ligada ao Metrô de São Paulo está provocando polêmica na internet. O material, que foi ao ar em um programa da Rádio Transamérica FM, da capital paulista, dá a entender que a lotação dos trens é um bom lugar para "xavecar a mulherada". O texto vai ao ar em um momento em que surgem diversas denúncias de molestadores sexuais atacando mulheres na rede. Até a semana passada, a polícia havia registrado 23 casos neste ano.

Lido pelo locutor como se estivesse confidenciando sua própria história ao ouvinte, e com diversos erros gramaticais propositais, o texto diz: "Nos horários de pico, é normal trem e metrô ficar lotado. É assim também nas grandes metrópoles espalhadas pelo mundo. Pra falar a verdade, até gosto do trem lotado, é bom pra xavecar a mulherada, né, mano? Foi assim que eu conheci a Giscreuza. Muito já foi feito e o governo sabe que ainda tem muito pra fazer. Governo do Estado de São Paulo."

O spot levou passageiros inconformados com o material a questionarem o Metrô pelo Twitter. Em sua conta oficial na rede social, a empresa, que é controlada pelo governo do Estado, informou que "assim que tomou conhecimento do referido comercial, totalmente inapropriado, o Metrô consultou a agência responsável pela publicidade e foi informado de que seu conteúdo não só estava em desacordo com o briefing passado como também não fora aprovado - nem pela agência tampouco pelo Metrô. Advertida, a Rádio Transamérica FM tirou o comercial do ar. A assessoria de imprensa da emissora informou por telefone apenas que "toda propaganda que a rádio veicula é aprovada pelo contratante". A empresa também divulgou que a inserção não é feita desde 20 de março.

Até a semana passada, a polícia havia registrado 23 casos de assédio sexual neste ano no metrô (Foto: Elveson Freitas/Estadão Conteúdo)