Localizar 25 mil desaparecidos é a prioridade do Governo do México

Nos últimos seis anos, mais de 25 mil pessoas foram declaradas desaparecidas no país.

Comentar
Compartilhar
14 JAN 201311h08

O governo do presidente Enrique Peña Nieto, do México, anunciou que a busca por desaparecidos será uma de suas prioridades. Nos últimos seis anos, mais de 25 mil pessoas foram declaradas desaparecidas no país.

O México sofre com a ação dos cartéis do tráfico de drogas, armas e pessoas que atuam principalmente nas regiões de fronteira com os Estados Unidos. Em decorrência das ações dos cartéis, a violência é tema constante das discussões no país.

O ministro do Interior do México, Miguel Ángel Osório, reuniu-se ontem (13) com representantes das  famílias dos desaparecidos. Na reunião,
ele se comprometeu a intensificar as buscas. Osório disse que o assunto é prioridade do governo, que tem demonstrado tal decisão, como a promulgação da  Lei Geral das Vítimas, que amplia a proteção dos que foram alvo de violações no país.

Osório acrescentou que é necessário montar um banco de dados detalhado sobre as vítimas e que o tema conta com o apoio de especialistas dos Estados Unidos. O ministro disse que será criada uma linha direta entre parentes dos desaparecidos e esses especialistas.

A busca por desaparecidos será uma das prioridades de Enrique Peña Nieto (Foto: Divulgação)