Licitação para construção da Etec em Guarujá começa no segundo semestre

Obra ficará a cargo do Estado

Comentar
Compartilhar
27 FEV 201517h07

Desde 2009, a prefeita Antonieta não tem medindo esforços para conquistar uma escola técnica com maior variedade de cursos e em um espaço muito mais amplo. O Governo do Estado de São Paulo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação divulgou, na última semana, que o processo de licitação para construção do prédio próprio da Escola Técnica Alberto Santos Dumont, em Vicente de Carvalho terá início no segundo semestre deste ano. A obra ficará a cargo do Estado.

O documento foi encaminhado à prefeita Maria Antonieta de Brito, pela superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá. O novo prédio da Etec será erguido na Rua Josefa Herminia Caldas, no Jardim Progresso, em área de 7,7 mil metros quadrados. O projeto da nova sede é composto 15 salas de aula, 17 laboratórios, biblioteca e quadra poliesportiva coberta com arquibancadas.

Toda a ação é resultado do trabalho da Administração Municipal, conduzida pela prefeita Antonieta, que é educadora e tem preocupação com a qualificação profissional dos jovens da Cidade.

Obra ficará a cargo do Estado (Foto: Marcos França/PMG)

“É uma conquista do povo de Guarujá. Um sonho de muitos anos que está próximo de ser concretizado, após muita luta e esforço das partes envolvidas”, salientou a prefeita Antonieta.

A secretária de Educação de Guarujá, Priscilla Bonini, comemora a notícia. “Investir na qualificação profissional tem sido um dos nossos grandes esforços desde 2009. É importante ressaltar que como educadora, a prefeita Antonieta vem batalhando muito para poder oferecer uma Etec com maior oferta de cursos e de espaço físico. Esse anúncio do Estado demonstra que estamos cada vez mais próximos de entregar um equipamento tão importante à população”.

O local passou por vistoria em fevereiro do ano passado, pela assessoria técnica em equipamentos do Centro de Ciência e Tecnologia, ao qual está vinculado o Centro Paulo Souza, para verificar se o local cedido pela Prefeitura estava dentro das normas exigidas. Ainda assim, em 2013 o Executivo teve o Projeto de Lei (PL) de doação do terreno da Prefeitura ao Estado, aprovado pelo Legislativo Municipal.

“A Etec do Guarujá vai ganhar sede própria. A Prefeitura disponibilizou o terreno e o Governo do Estado vai investir na construção do novo prédio, para que a escola continue cumprindo com excelência sua missão de promover o desenvolvimento econômico e a empregabilidade no Município e na Região da Baixada Santista”, declara a diretora-superintendente do Centro Paula Souza, Laura Laganá.

Atualmente, Guarujá conta com uma Etec (Rua Dona Vitória, 502 – Jardim São Miguel). Porém, o equipamento funciona em prédio alugado e com espaço reduzido para suportar a demanda. O novo equipamento deve beneficiar os estudantes da Cidade e Região.

Funcionarão os cursos da Etec Santos Dumont: Hotelaria, Secretariado, Turismo e o Técnico em Manutenção de Aeronaves. A nova unidade vai permitir, além da ampliação do espaço físico aos estudantes e professores, a criação de novos cursos voltados às áreas náutica, portuária e de petróleo e gás. Também vai possibilitar a construção de um hangar para os alunos do curso de manutenção aeronáutica, que atualmente se deslocam até o Núcleo da Base Aérea para as aulas práticas.