CAMPANHA DE 1 A 11

Jardineiro é detido ao pichar imóvel na Guilhermina, em Praia Grande

Com ele, foi apreendida uma mochila, nove latas de tinta spray, dois tubos e um rolo de pintura

Comentar
Compartilhar
26 FEV 2020Por Da Reportagem19h12
Imagem meramente ilustrativaFoto: Reprodução

Um jardineiro foi detido por agentes da Guarda Civil Municipal de Praia Grande enquanto pichava o muro de um galpão, localizado na Avenida Dr. Roberto de Almeida Vinha, no bairro Guilhermina.

Os guardas estavam em patrulhamento quando foram avisados pelo rádio de que um individuo trajando "bermuda preta e camisa branca" estava pichando o muro. Chegando ao local, se depararam com o suspeito no ato da infração.

Com ele, foi apreendida uma mochila, nove latas de tinta spray, dois tubos e um rolo de pintura.

O caso foi registrado na Delegacia Sede de Praia Grande. O acusado foi liberado ao fim da ocorrência

No Brasil, a pichação é considerada vandalismo e crime ambiental, nos termos do artigo 65 da Lei 9.605/98, que estipula pena de detenção de 03 meses a 01 ano, e multa, para quem pichar, grafitar ou por qualquer meio conspurcar edificação ou monumento urbano.