Governo SP

Já são 475 os mortos pelo tufão Bopha, nas Filipinas

De acordo com o Exército local, 258 corpos foram encontrados na costa leste da ilha de Mindanao

Comentar
Compartilhar
06 DEZ 201220h20

Equipes de resgate filipinas recuperaram os corpos de 475 pessoas mortas após a passagem do tufão Bopha pelo país, informaram autoridades do governo nesta quinta-feira.

Um total de 258 corpos foram encontrados na costa leste da ilha de Mindanao e 191 foram recuperados nas regiões próximas às cidades de Nova Bataan e Monkayo, informou o major-general Ariel Bernardo, chefe da divisão do Exército que coordena as buscas.

O escritório da Defesa Civil em Manila disse que 17 pessoas foram mortas em outras regiões de Mindanao, além de nove nas ilhas centrais, após a passagem de Bopha pelas Filipinas na terça-feira.

Filipinos choram a morte de parentes em Nova Bataan, no sul do país. (Foto: AP)
Agricultura

O secretário de Agricultura das Filipinas, Proceso Alcala, afirmou nesta quinta-feira que o tufão Bopha causou prejuízos de cerca de 300 milhões de pesos filipinos (quantia equivalente a US$ 7,3 milhões) às plantações apenas na região sul de Mindanao.

Em entrevista à televisão, ele disse que os dados ainda estão sendo coletados, mas que o custo financeiro para o setor agrícola será maior por causa dos danos provocados no setor de pesca, nas plantações de coco e banana e em instalações de irrigação.

Fe Maestre, porta-voz do governo da província de Compostela Valley, que foi fortemente atingida pelo tufão, disse que o total das perdas para o setor agrícola da região deve chegar a bilhões de pesos.

Colunas

Contraponto