X
Cotidiano

Itanhaém limpa rios e busca amenizar impactos

Em outubro foi iniciada a limpeza dos rios que são os principais canais de drenagem das águas. Os rios Montevideo, Paraná Mirim e Bicudo já foram finalizados

Prefeitura agora executa serviço no Rio do Poço, que tem 14 km de extensão e percorre boa parte do território do município / Divulgação/PMI

Para minimizar os impactos causados pelas chuvas, bastante comum nesta época do ano, a Secretaria Municipal de Serviços e Urbanização de Itanhaém realiza a limpeza dos principais rios da Cidade. Com o aumento das chuvas, segundo a Prefeitura, um planejamento foi elaborado pensando justamente em diminuir as ocorrências ocasionadas por fortes ­temporais.

“Por isso, em outubro de 2018 iniciaram os serviços que se estendem até o final de março deste ano. E não para por aí: a partir de abril, a equipe realizará os mesmos serviços também nos canais e valas”, afirma.

Em outubro foi iniciada a limpeza dos rios que são os principais canais de drenagem das águas. Os rios Montevideo, Paraná Mirim e Bicudo já foram finalizados.

Atualmente, a equipe da Prefeitura está executando o serviço em um dos maiores rios de Itanhaém, o Rio do Poço, que tem 14 km de extensão e percorre boa parte do território do Município e deságua no Rio Itanhaém. Em seguida, o trabalho será feito nos rios Cabuçú e ­Campininha.

Para realizar a limpeza, a equipe conta com a ajuda de uma escavadeira hidráulica e dois caminhões trucados. O objetivo da operação é garantir a manutenção dos pontos e o escoamento das águas pluviais para amenizar os impactos causados pelas chuvas fortes.

Réveillon

Foram recolhidas, na virada de 2019, 220 toneladas de lixo em Itanhaém. Entre os produtos mais encontrados estão sacolas plásticas, papéis, garrafas pet e, principalmente, de vidro, cujos estilhaços podem machucar pessoas e causar danos sérios. Além disso, os animais marinhos são os mais afetados, caso entrem em contato com esse tipo de lixo gerado pelos banhistas.

“A limpeza pública está totalmente ligada à saúde e envolve toda a logística, desde a varrição, a coleta de resíduos até a remoção de entulho, contribuindo para um ambiente saudável. Um ambiente limpo propicia o bem-estar da população e de todos, além de garantir o retorno dos veranistas que acabam gerando recursos para o Município, importante para o desenvolvimento econômico da Cidade”, disse o secretário municipal de Serviços e Urbanização, Vinícius Camba de Almeida.

Deixe a sua opinião

VEJA TAMBÉM

ÚLTIMAS

Santos discute queda de Carille em reunião nesta segunda

Dois PMs morrem com suspeita de febre maculosa durante curso

Vítimas eram instrutores da COPC, que teve uma fase de curso em área de mata. Casos seguem em análise pela Fiocruz

©2021 Diário do Litoral. Todos os Direitos Reservados.

Layout

Software