Banner gripe

Israel destrói sede do Hamas, em Gaza

Ao menos 38 palestinos e três israelenses morreram desde o início da nova onda de violência

Comentar
Compartilhar
18 NOV 201217h35

Ataques aéreos de Israel contra a Faixa de Gaza destruíram parte da sede do Hamas na região, segundo testemunhas. O quartel-general do grupo, que administra a Faixa de Gaza, havia sido visitado na véspera pelo primeiro-ministro do Egito, Hisham Qandil. 

Ao menos 38 palestinos e três israelenses morreram desde o início da nova onda de violência, provocada após a morte do líder militar do Hamas, Ahmed Jabari, em um ataque aéreo israelense, na última quarta-feira (14). 

Após uma noite relativamente quieta, com relatos de poucos ruídos na região, Gaza foi atingida por uma série de grandes explosões. Houve uma nova série de disparos na cidade pouco após as 5h (1h em Brasília), em direção a vários prédios pertencentes ao Hamas, que estariam vazios no momento em que foram atingidos.Rumores sobre uma iminente invasão por terra do território vêm aumentando, mas as autoridades israelenses dizem que nenhuma decisão foi tomada nesse sentido. 
 
Nuvem de fumaça foi vista ontem, após ataques do exército de Israel contra a Faixa de Gaza (Foto: Agência Estado)

Colunas

Contraponto