VLI DESKTOP TOPO
SABESP AGOSTO MOB

Isolamento faz perceber importância da família, diz médico recuperado da Covid em SV

Depois de tratar doença, profissional segue trabalhando no Centro de Combate ao Coronavírus (CCC)

Comentar
Compartilhar
23 JUL 2020Por Da Reportagem19h04
Médico reforça que a população também deve cumprir seu papelFoto: Divulgação/PMSV

Um dos profissionais da área da saúde de São Vicente que contraíram o novo coronavírus durante o combate à doença foi o médico Márcio Rebuá. Diretor do Centro de Combate ao Coronavírus (CCC), ele foi “atingido” durante o combate. Precisou se isolar e passar por tratamento para vencer a ameaça invisível. Deu certo. Ele retornou, não só ao trabalho, mas ao confronto contra a Covid-19.

Mas não foi fácil se recuperar e voltar para a guerra. Ele precisou encarar falta de paladar, febre, dores no corpo e cansaço intenso. Foi necessário cumprir, rigorosamente, com o isolamento, repousando e tomando os medicamentos. Depois de muito esforço, os sintomas acabaram, e o vírus foi vencido.

Foi uma situação tão delicada, que Rebuá deu liberdade a sua fé ao falar de sua recuperação. “São nesses momentos da vida que, mesmo sendo médico, com todo conhecimento, agradecemos a Deus por ter vencido a doença que tanto aflige o mundo”.

O período de tratamento também fez o profissional refletir. “O isolamento fez com que o mundo percebesse o grande valor de coisas que, antes, pareciam simples, como o convívio com a família, amigos e até no trabalho. A pandemia deixará marcas profundas na população, mas é importante a união e solidariedade entre todos, inclusive a nível mundial”.

Depois de se recuperar, Rebuá pôde retornar ao trabalho presencial ao CCC. “Estar ali é um desafio constante, que requer muita dedicação, dia e noite, para que todos possam ter um tratamento digno”.

Apesar disso, o médico reforça que a população também deve cumprir seu papel. “É importante continuarmos com as medidas preventivas, com o uso de máscaras e a higienização das mãos”.