Irã e UE voltam a negociar programa nuclear iraniano

As negociações formalmente reúnem o grupo de seis potências mundiais, também conhecido pela sigla P5+1, e o Irã

Comentar
Compartilhar
22 NOV 201312h20

O ministro de Relações Exteriores do Irã, Mohammad Javad Zarif, e a chefe da diplomação da União Europeia (UE), Catherine Ashton, voltaram à mesa de negociações em Genebra nesta sexta-feira na tentativa de chegar aos termos para o rascunho de um acordo que deve limitar o programa nuclear iraniano em troca de alívio nas sanções impostas à república islâmica.

As negociações formalmente reúnem o grupo de seis potências mundiais, também conhecido pela sigla P5+1, e o Irã. Mas representantes dos sete países se reuniram apenas uma vez desde que a atual rodada de negociações teve início na quarta-feira. Sendo assim, o ministro iraniano e a chefe da diplomacia europeia se reúnem para tentar uma linguagem comum para uma primeira etapa do acordo.

Dentre os pontos de atrito parece estar o programa de enriquecimento de urânio do Irã - que pode tanto produzir combustível para reatores atômicos quanto o núcleo físsil de uma ogiva nuclear - e o alívio das sanções contra os setores petrolífero e bancário iranianos. O Irã nega que tenha como objetivo produzir armamento nuclear. 

Mohammad Javad Zarif e Catherine Ashton, voltaram à mesa de negociações em Genebra na tentativa de chegar aos termos de um acordo que deve limitar o programa nuclear iraniano (Foto: Divulgação)