Investimentos de R$ 240 milhões na BS

A visita do secretário ocorreu na manhã de ontem, na Regional do bairro

Comentar
Compartilhar
25 FEV 201321h28

O secretário de Saneamento Ambiental do Ministério das Cidades, Sérgio Antonio Gonçalves, anunciou o repasse de R$ 5.250.000 milhões para obras de macrodrenagem do canal que corta a favela Sá Catarina de Moraes, no Catiapoã. A visita do secretário ocorreu na manhã de ontem, na Regional do bairro.

Segundo o secretário, além dessa verba, mais R$ 400 mil serão repassados para o Dique Sambaiatuba. “Os recursos já estão liberados e nesta etapa serão analisados os projetos para darmos início as obras ainda neste semestre, o mais tardar em junho”, declarou o secretário. 

A macrodrenagem que consiste em obras de saneamento básico e urbanização será feita em toda a extensão do canal de 1.500 metros que compreende desde a Avenida Martins Fontes, no Parque São Vicente, até o Dique Sambaiatuba. Os empreendimentos devem beneficiar cinco mil famílias.

Na ocasião, o secretário também anunciou investimentos que contemplarão mais três cidades da Baixada Santista. Estão previstas obras de saneamento básico e urbanização no Dique da Vila Gilda, na Zona Noroeste de Santos; bairro Santa Rosa, em Guarujá, e bairros Cota, de Cubatão. Ao todo, serão liberados R$ 240 milhões para a Região.

De acordo com o secretário, os investimentos tem contrapartida das prefeituras de 10 a 20%. “Hoje (ontem) também é o último dia para os municípios selecionados encaminharem a Brasília, projetos ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC)”. Gonçalves explica que as solicitações são avaliadas pela secretaria para a liberação da verba para os empreendimentos. O secretário esclareceu que o foco, neste primeiro semestre é implementar obras de saneamento, principalmente nas favelas da Baixada.