Instrutora de veículos dá aulas às mulheres habilitadas na Baixada Santista - 29 de agosto de 2021

Realizar um sonho e vencer o medo. Essa é a proposta da instrutora de trânsito Josiane Sena, de 42 anos, de Santos, que treina mulheres e homens já habilitados com receio de dirigir, mas que sonham em poder assumir a direção de um veículo. Ela dá aulas de direção em quatro cidades da Baixada Santista. 

Com 20 anos de experiência em autoescola, ela é credenciada pelo Detran e já trabalhou com o curso básico para começar a dirigir e com as aulas práticas.

“Após muito tempo em autoescola, em Santos, trabalhava com aulas particulares, pois havia bastante procura por parte dos alunos”, explica.

A partir daí, segundo Josiane, foi ficando mais conhecida e surgiu a ideia em trabalhar com alunos já habilitados.

“No início foi difícil, pois comprei um veículo usado para poder adaptar com duplo comando, no mês de outubro de 2018. Deu tudo certo e nunca imaginei que fosse conquistar tantos alunos. Hoje temos um bom retorno”, avalia.

Ela ministra as aulas das 8 às 20 horas, de segunda-feira a sábado. São ministradas de sete a oito aulas por dia. Atende alunos em quatro cidades da Baixada Santista – Santos, São Vicente, Praia Grande e Cubatão.
“Faço uma avaliação do aluno no primeiro dia de aula e, nessa aula, consigo avaliar o perfil do aluno e saber qual o número de aulas que ele vai precisar, mas depende de cada um”. Segundo Josiane, o horário mais disputado é o noturno, já que a maioria trabalha durante o dia.

Este ano, Josiane adquiriu mais um carro e está trabalhando em parceria com o seu esposo.  

Dificuldades  

A grande maioria dos alunos que procuram aulas é formada por mulheres. Algumas porque tiraram a habilitação e não praticaram por não terem carro. Outras porque se envolveram em algum tipo de acidente.

“Começo a trabalhar conforme a dificuldade de cada uma. As aulas são completamente diferente das ministradas em autoescola. O treinamento acontece em avenidas, túnel, pontes, rodovias, além de baliza na rua entre dois carros, e subimos e descemos morros. Elas adquirem vários tipos de experiência e, inclusive, em horários de pico”, explica.

Há pessoas que, às vezes, nunca se envolveram em acidentes, mas têm traumas e medo de dirigir. Entre as faixas etárias estão alunas a partir de 18 anos até acima de 70 anos.

“Tive uma aluna, de 72 anos, que a vida inteira ela teve um sonho de dirigir, mas nunca conseguiu e ninguém incentivou. Ela tentou dirigir com o esposo, mas não deu certo, pois ele não tinha paciência. Após o falecimento do marido, o filho a incentivou, e ela teve aulas e hoje está dirigindo”, conta.

Aptas a dirigir

Para as pessoas estarem aptas a dirigir um veículo, depende da evolução e do perfil de cada um. Conforme Josiane, podem ser ministradas, em média, de cinco a 50 aulas.

Um exemplo é de um aluno que tirou a habilitação, mas não praticou. Segundo ela, após três aulas com diversas práticas e mais cinco aulas no trânsito, ele estava pronto.

“Pessoas mais idosas têm um reflexo mais reduzido e o medo é diferente em comparação a uma pessoa mais jovem. A preparação varia bastante”, frisa.

As aulas acontecem de duas a três vezes por semana. Mas depende da disponibilidade de cada aluno. A carga horária é de 1h40 minutos cada, ou seja, são aulas duplas.

“A primeira aula é de 50 minutos, para o aluno me conhecer e ver se há identificação entre nós. Somente depois passo os valores e o número aproximado de aulas. Peço que elas sejam duplas, pois muitos profissionais não têm tempo”.

Alguns homens também procuram por aulas de direção, porém o perfil é bem diferente. São aqueles que já dirigem, mas não conseguem fazer as manobras, segundo a instrutora.

A prova final é feita no próprio carro do aluno com as mesmas atividades que faz durante as aulas de direção.

A divulgação do trabalho é feita por indicação de amigos instrutores e ex-alunos. Josiane usa ainda as redes sociais, como Facebook e Instagram, no endereço @jsinstrutora. Interessados em obter informações também podem fazer contato com Josiane, no WhatsApp 13 98219.9699.