Instituto Renascer realiza Caldo Verde Beneficente no sábado (7)

O Jantar, que arrecadará renda para a instituição, acontece dia 07 na sede do Lions Clube; Convites custam R$ 15,00 e já estão a venda

Comentar
Compartilhar
02 JUN 201416h55

O Centro de Acolhimento, Reabilitação, Pesquisa e Prevenção ao Uso de Álcool e Outras Drogas (CARPPAD) Recanto Renascer realiza no próximo sábado (7) um Caldo Verde beneficente. O evento acontece a partir das 20 horas, na sede do Lions Club Guarujá Centro, localizado na Avenida Helena Maria, no Jardim Helena Maria.

Os convites custam R$ 15 e podem ser adquiridos pelos telefones (13) 3353-2404, 99773-3944, 99701-8238, 99665-6575 e 99664-5005 ou pelo e-mail [email protected] Toda a renda obtida com o evento será destinada à ampliação e melhoria das ações desenvolvidas.

A iniciativa se junta à série de eventos promovidos pela instituição visando a arrecadação de fundos para a ampliação e melhoria das atividades desenvolvidas pelo Centro. Em abril foi realizado um almoço beneficente, que também contou com um bingo e sorteio de prêmios.

O Recanto Renascer é subvencionado pela Prefeitura de Guarujá, por meio da Secretaria de Saúde. Há 17 anos, oferece tratamento para mulheres dependentes químicas provenientes de vários municípios e até de outros estados.

Fundada pelo Centro Comunitário da Praia Santa Cruz dos Navegantes, a instituição oferece tratamento com foco no resgate, reconstrução, atendendo às famílias e reinserindo as mulheres no mercado de trabalho, por meio da participação em oficinas e cursos de geração de trabalho e renda.

Tratamento abrangente – Um dos grandes diferenciais do Recanto Renascer é a oferta de tratamento às gestantes e nutrizes, mães no período de amamentação. O atendimento contribui para formação de vínculo entre a mãe e a criança, além de propiciar uma adesão maior de tratamento.

São atendidas mulheres em qualquer período da gestação e nutrizes com crianças de até um ano. O tratamento oferecido tem duração de um ano e nove meses, sendo nove meses de acolhimento na instituição e mais um ano de acompanhamento após o retorno para casa.